Segue o teu destino. Rega as tuas plantas. Ama as tuas rosas. O resto é a sombra de árvores alheias.
Terça-feira, 6 de Setembro de 2011
Ovo Escalfado

Hoje, uma dissertação sobre o ovo...

O ovo é, talvez, dos ingredientes culinários o mais extraordinário. Muito económico, de elevado valor nutricional, vitamina A, B1, B2, B12, B6, D3, E, minerais e proteínas, é  utilizado em todo o Mundo, pode ser servido doce ou salgado, em massas, em bolos, para pincelar, em molhos e na famosa maionese. O ovo pode ser de avestruz (enorme), pato, galinha ou codorniz (pequeno), ao gosto de cada um, importante é que seja fresco.

Como detectar a frescura dos ovos? Nada mais simples, normalmente pelo cheiro, o ovo fresco não possui qualquer odor. Já o estragado, quando aberto não deixa dúvidas. A clara deve ser translúcida, espessa e de forma firme; a gema saliente, lisa e redonda.

Para testar a frescura podemos fazer o seguinte, colocar o ovo numa tigela com água fria, se o ovo for ao fundo é fresco; se não for completamente ao fundo, serve para omeletas, fritos, mas não cozer e por último, se boiar deve estar estragado, abra para confirmar. 

Existem imensas maneiras de confeccionar ovos, começando no simples ovo cozido, quente, recheado, escalfado, coalhado, passando pelo forno, em cocote, gratinado, estrelado, mexido, em omeleta, terminando no famoso soufflé.  A nível internacional a frittata italiana, tortilha espanhola, ovo Benedict, crepes Suzetes e os nossos ovos moles são um pecado!

Existem tantas histórias sobre o ovo, o famoso ovo de Colombo, o ovo de Fabergé, ditados e adivinhas "branco é, galinha o põe?"

Depois dos ovos no forno, hoje, a minha proposta é o ovo escalfado...

 

 
Os ovos podem ser escalfados em vários líquidos, sopa, leite, molho de tomate ou molho de carne.
Este apresentado na fotografia, foi escalfado em molho de carne que tinha sobrado de um guisado. Basicamente, depois do líquido estar quente, deita-se cuidadosamente na panela, coze cerca de 3 a 4 minutos e retira-se, delicadamente, com uma escumadeira para não partir a gema.
Servi com pão de sementes torrado. 
 
O processo com água é semelhante, utilize bastante água com um pouco de vinagre mas sem sal. O vinagre serve para o ovo solidificar melhor. Não deixe água ferver e quando quente, deite delicadamente o ovo. Com ajuda de uma colher pode virar o ovo, de modo a que a gema fique no centro da clara. Retirar com uma escumadeira e servir quente companhado com uma salada, torradas, ou com manteiga e ervas aromáticas.
   


publicado por maria mendonça às 11:00
link do post | comentar | favorito

posts recentes

O Regresso....

8 anos de Blog...

Hoje, Eclipse Lunar

Chegou o Verão...

Associação Casa da Crianç...

Crumble com Pêra...

Simplesmente, rosas....

Por que hoje é Domingo...

Ilha flutuante em chocola...

Tempura de Bacalhau com P...

pesquisar
 
subscrever feeds
tags

todas as tags

arquivos
links
Visitantes da Quinta
PageRank
All recipes are on Petitchef Top blogs de receitas


mais sobre mim