Segue o teu destino. Rega as tuas plantas. Ama as tuas rosas. O resto é a sombra de árvores alheias.
Quarta-feira, 21 de Maio de 2008
Charlote de Russa de Morango

 

 

 

 

Apeteceu-me algo doce... Charlote Russa

Receita do chefe Silva algo trabalhosa  mas que é óptima para grandes ocasiões.

 

Palitos la reine

5 ovos

200 gr de açúcar

0,5 l de leite

6 folhas de gelatina incolor

200 ml de natas frias

2 colheres de sopa de licor

200 gr de morangos bem maduros e picadinhos (reserve alguns para enfeitar) 

casquinha de limão

Uma forma de charlote (eu usei a de soufflé)

papel vegetal

 

Coloca as folhas de gelatina em água fria. Ferva o leite com uma casquinha de limão e deixe arrefecer um pouco. Deite as gemas num tacho, junte 200 gr de açúcar misture, separe 3 claras para depois se baterem em castelo.

Depois das gemas bem misturadas, junte-lhe o leite em fio, mexendo sempre. Leve a mistura ao lume brando mexendo sempre , não deixe ferver, logo que comece a engrossar, retire imediatamente do lume.  Junte-lhe as folhas de gelatina escorridas e mexa até estarem completamente misturadas e dissolvidas. Deixe este preparado arrefecer à temperatura ambiente.

Vamos à preparação da forma.

Forre o fundo com uma rodela de papel vegetal, servirá para desenformar melhor no final.

Os palitos ficam com o lado abaulado para fora e para revestir o fundo cortam-se em V, a fim de encaixarem devidamente uns nos outros. Convém acertar o corte dos palitos na parte exterior do fundo da forma, antes de se colocarem no lugar. Os palitos para forrar a parede, aparam-se dos lados e certos casos cortam-se as extremidades que assentarão no fundo.

Nota: Sinceramente, eu não estive com estes pormenores todos, cortei-os em V mas depois fui forrando a forma juntando os palitos uns aos outros, por isso o creme aparece entre os palitos mas acredito que se for feito como deve ser, de fora só se deve ver os palitos colados uns aos outros.

Depois do creme frio, batem-se as claras em castelo bem firmes e adiciona-se-lhe uma colher de sopa de açúcar. Bate-se também as natas bem firmes com uma colher de açúcar.

Envolve-se cuidadosamente as claras em castelo e o chantilly no creme inicial, mexendo sempre, finalmente junta-se os morangos picados e o licor. Deita-se o preparado na forma. Coloca-se no frigorifico a solidificar durante algumas horas.

Depois de solidificar, desenforma-se a charlote numa bandeja ou num prato e retira-se a rodela de papel vegetal. E decora-se ao gosto de cada um. Com  chantilly e morangos fica mais requintado.

Bom apetite.

 

 

 

 



publicado por maria mendonça às 10:27
link do post | comentar | favorito

2 comentários:
De cenourita a 22 de Maio de 2008 às 23:00
Este doce... hummm... deve ser divinal. Claro que vou ter que o fazer cá na Tasca. Depos conto-te como ficou.

Beijos***


De maria mendonça a 24 de Maio de 2008 às 00:58
Dá algum trabalho mas fica muito bom e o aspecto excelente...


Comentar post

posts recentes

8 anos de Blog...

Hoje, Eclipse Lunar

Chegou o Verão...

Associação Casa da Crianç...

Crumble com Pêra...

Simplesmente, rosas....

Por que hoje é Domingo...

Ilha flutuante em chocola...

Tempura de Bacalhau com P...

Tecolameco

pesquisar
 
subscrever feeds
tags

todas as tags

arquivos
links
Visitantes da Quinta
PageRank
All recipes are on Petitchef Top blogs de receitas


mais sobre mim