Segue o teu destino. Rega as tuas plantas. Ama as tuas rosas. O resto é a sombra de árvores alheias.
Terça-feira, 15 de Janeiro de 2008
Receita de Cheesecake (Semi-frio de Iogurte)

O prometido é devido, e por isso coloco hoje a receita do meu Cheesecake, Semi-frio de Iogurte. Ver a receita de Cheesecake com queijo.

Antes da receita, só umas notas. Apesar do Cheesecake ser originário dos EUA, nem sempre leva queijo. O nome Cheesecake deve-se à textura cremosa que apresenta. Existem diversas formas de o fazer, o que faz com que a receita varie de país para país, e mesmo nos EUA varia de região para região.

 

2 pacotes de natas

1 lata de leite condensado

6 folhas de gelatina

10 bolachas Maria  

manteiga qb

 

Triture as bolachas e junte a um pouco de manteiga derretida. Despeje este preparado numa tarteira de fundo amovível, pressionando o preparado para que fique compactado. Depois bata as natas e quando estiverem cremosas junte 1 lata de leite condensado. Demolhe  as folhas de gelatina num pouco de água, escorra-as e leve-as ao lume em banho Maria com 3 colheres de água fria. Depois desta operação junte-as ao preparado anterior, voltando a bater tudo muito bem. Despeje o conteúdo na tarteira em cima da bolacha e leve ao frigorífico.

 

Como fica muito forte eu tenho alterado a receita, e em vez de 2 pacotes de natas coloco só um e 2 iogurtes naturais, fica mais leve. Para a cobertura compro frutos vermelhos que levo ao lume com algum açúcar e trituro tudo com a varinha mágica. Acrescento uma folha de gelatina demolhada em água fria e verto em cima. No final é só desenformar e servir.

Se optarem por não fazer a cobertura podem servi-lo com chocolate amargo preto derretido na hora.

 

 {#emotions_dlg.meeting}02/08/2011

Depois de tanta controvérsia nos comentários sobre o nome dada a esta receita, tal como constava no meu caderninho de receitas pessoal, decidi alterar o seu nome, passando a chamar-se Semi-frio de Iogurte. Se procuram a receita de um CheeseCake com queijo, sigam o link, uma receita parecida com queijo, a mesma aparência mas muito mais calórica....



publicado por maria mendonça às 21:51
link do post | comentar | favorito

4 comentários:
De mf a 13 de Outubro de 2008 às 09:43
Desculpe, mas cheesecake é sempre uma sobremesa com queijo! Por isso se chama "Cheese-cake", e não é por ser cremosa, senão seria creamycake, ok? Nos EUA, leva até bastante queijo creme, chega a levar cerca de 750 gr de queijo tipo marcarpone... Desculpe o comentário, mas eu sou acérrima defensora deste doce, que para mim, é dos melhores do mundo e já o comi nos EUA, Delicioso!


De luana a 25 de Novembro de 2008 às 00:55
Originada na Grécia antiga , as primeira cheesecakes foram inventadas para utilização como alimento para os atletas olímpicos do templo. Agora, a moderno iteração do cheesecake é uma deliciosa sobremesa amada por todos, ao contrário dos tempos da Grécia antiga, quando era simplesmente como um alimento energético .

Ingredientes da primeira cheesecakes foi basicamente queijo de vaca ou de cabra; puré em uma polpa, mel de doçura, farinha de trigo para o volume e textura e um pouco de água para fazer a resultante goop macia. Todos os ingredientes foram combinados em conjunto, em seguida, moldados em patties ou bolos. Eles foram, então, cozido, resfriado e serviu para os atletas tempo suficiente até que esses bolos eram populares como elas provaram boa. Logo, cheesecakes tornou-se uma importante característica na cozinha grega. Estes bolos foram então usados em casamentos como se tornou habitual para uma noiva fazer e servir mini cheesecakes ao noivo eos amigos. Esta tradição gradualmente evoluiu para o moderno casamento bolo.

Quando o Império Romano vieram e ocuparam o territóri e derrotou os gregos, entre os e adopta um lote de alimentos grego, bem como tradições. Quando o exército romano varrida em outras partes do mundo que eles trouxeram com eles a cheesecake especialmente na Europa e Grã-Bretanha. Por isso, muitos locais diferentes versões do cheesecake foram criados como o bolo foi comumente amados pelo ocupados nações. O cheesecakes tinha dado propagação do mundo antigo para o novo mundo e em breve E.U.A. também tornou-se o novo centro do cheesecake.

O moderno cheesecake é composta essencialmente de uma mistura de uma variedade de queijo incluindo queijo cottage , Queijo creme, ou ricotta. Diferentes variedades de queijo acrescentar diferentes sabores para um cheesecake. Existem duas grandes variedades cheesecakes famoso no E.U.A.. O mais comum dos dois é o judeu cheesecake ou de outra forma conhecido como New York Style cheesecake, que é basicamente um creme queijo bolo com base em um cracker crosta. A partir desta base receita muitas variações desta sobremesa têm evoluído ao longo do tempo simplesmente adicionando diferentes sabores e coberturas, estas incluem sabores tais como Key Lime, Tiramisu cheesecake, chocolate, muitas frutas e sabores, como manga e morangos.

O italiano cheesecake é uma outra variedade popular. A receita para este cheesecake foi transmitida durante muitos séculos por perito chefs para sua próxima geração. O italiano cheesecake é feita com ricotta queijo e pedaços de fruta candied e tem pastelaria crosta. Um costume cheesecake é alta em calorias e gordura, devido à natureza dos ingredientes. No entanto, com a evolução dos adoçantes artificiais e baixo teor de gordura dos ingredientes, hoje podemos encontrar cheesecakes sem gordura e açúcar adicionado cheesecakes ou mesmo açúcar livre cheesecakes. Embora este deserto é muito mais saudável agora, graças a Deus, ele ainda conseguiu manter o seu sabor.


De DCP a 22 de Dezembro de 2008 às 17:15
Realmente... Cheese-cake é maravilhoso e é sempre bem-vindo!
Como o nome já diz, 'bolo de queijo', não poderia ser diferente, ou seja, sem queijo ;)
Mas de qq forma, esta receita deve ser boa, e digo uma coisa: tem mesmo é 'carinha' de semi-frio!!!
Abraços


De Ermelinda Salvado a 26 de Julho de 2009 às 19:42
Efectivamente não pode haver cheesecake sem queijo cheese ), seja ele da variedade que for. Até admito que seja feito com queijo fresco ou com requeijão mas nunca com natas.
A receita que aparece parece-me outra coisa. Tenho esta receita, com o nome de semi-frio de natas - assim sim! faz sentido. A única variante é que é coberta com bolacha-maria ralada em vez de compota de frutas.
E já agora, corroboro as palavras dos outros comentários, especialmente da que diz que a textura cremosa daria o nome à receita de, quando muito, creamycake.
Uma vez que a receita é de sua autoria, não pensou ainda em mudar o nome? Eu fá-lo-ia, no mínimo para respeitar os ingredientes e o valor linguístico que cada palavra transporta em si. Ou seja, não é só a língua que não varia de país para país, também o nome dos ingredientes que servem de base às receitas não podem variar.
Gostaria de ver um comentário de um chef ', que certamente lhe sugeriria o que sugeri - mude o nome à receita e a questão não levanta celeuma.
Seja feliz!


Comentar post

posts recentes

O Regresso....

8 anos de Blog...

Hoje, Eclipse Lunar

Chegou o Verão...

Associação Casa da Crianç...

Crumble com Pêra...

Simplesmente, rosas....

Por que hoje é Domingo...

Ilha flutuante em chocola...

Tempura de Bacalhau com P...

pesquisar
 
subscrever feeds
tags

todas as tags

arquivos
links
Visitantes da Quinta
PageRank
All recipes are on Petitchef Top blogs de receitas


mais sobre mim