Segue o teu destino. Rega as tuas plantas. Ama as tuas rosas. O resto é a sombra de árvores alheias.
Quinta-feira, 13 de Novembro de 2008
Só isto?

Depois da nacionalizaçção do BPN,

do Alberto João Jardim ter avaliado todos os professores colocados na Madeira com bom por portaria,

da Sr.ª Ministra ter sido recebida em Fafe pelos alunos com ovos,

do Manuel Alegre ter declarado estar farto do "quero, posso e mando" da Ministra da Educação,

da Sr.ª Ministra ter ido à Assembleia pedir desculpa aos professores,

e da mega manifestação dos professores no sábado, reunindo 120mil docentes,

Cavaco Silva apenas vem lembrar que a manisfestação é um  direito constitucional.

 

 

Isso já nós sabiamos, pois ainda vivemos num país democrático.

Sr. Presidente, como professor,  é apenas isto que tem para nos dizer?  Já reparou na confusão que está o nosso ensino e as nossas escolas? Não terá também uma palavra a dizer sobre o assunto?

Acho que está na hora de falar aos portugueses.

 

 



publicado por maria mendonça às 10:05
link do post | comentar | favorito

7 comentários:
De Micael a 13 de Novembro de 2008 às 13:44
Claro, colega. Admira-se?

O sr. Presidente está assustado com o BPN (leia-se: grupinho de ex-ministros e ex-secretários de estado de Cavaco Silva que iam "pescar" para Cabo Verde e S.Tomé). O que andaram a fazer?

Foi o desabafo possível, do sr. Presidente! É melhor não fazer muitas ondas. . .

Vivemos num país democrático? Julgo que não!

O João Jardim, através de uma Portaria (ia escrever PORCARIA), numa penada deu Bom a todos os colegas que exercem na Madeira. Essa classificação abrange o ano lectivo anterior e o ACTUAL (2008/09).
O 1º período ainda não acabou, mas determinados colegas que infelizmente existem, já devem estar a esfregar as mãos: podem não serem assíduos e não se dedicarem com empenho no 2º e 3º período que a classificação já está garantida - BOM. Quando vierem os concursos vão passar à frente de muitos. . .
. . . . . . . . . . .
O processo de avaliação dos professores, tal como o do pessoal administrativo das escolas, também não é o mais correcto. Muitas injustiças provocarão.
. . . . . . . . . . .
Vou para o jardim ver as minhas camélias que estão prestes a florir.

Um abraço
Micael


De maria mendonça a 14 de Novembro de 2008 às 01:07
Micael, que boa sugestão ir ver as camélias...
A verdade é que as minhas também devem estar mas nestes últimos tempos nem o nariz posso por no jardim, porque simplesmente não tenho tempo. Saio de manhã e regresso já de noite. Dias seguidos desta rotina e sem a minha terapia no jardim deixam-se de rastos.... Mas acredito que isto tem de passar e que é apenas uma fase.
Quanto ao Presidente, acredito que deveria vir dizer alguma coisa, o clima nas escolas anda insuportável e assim ninguém consegue trabalhar. Umas escolas suspenderam , outras não, uns assinam, outros não. Qualquer dia só falta andarmos ao murro.
Mas não é só na educação, parece-me que o país anda de pernas para o ar e ninguém faz nada.
beijos


De Jorge Soares a 13 de Novembro de 2008 às 14:07
Olá

Eu que tu não tinha muitas experanças... ele só fala ao país quando alguém tenta mexer no queijo dele... e há muito que ele não é professor.

Jorge


De Jorge Soares a 13 de Novembro de 2008 às 14:10
o s está encostado ao x.. de experanças a esperanças.. resta-nos esperar sentados!

Jorge


De maria mendonça a 14 de Novembro de 2008 às 01:15
Jorge
No 5 de Outubro do ano passado o discurso do Presidente foi dirigido aos professores, por isso esperava que perante tanta contestação e agitação viesse dizer alguma coisa, mas nunca imaginei que se limitasse a dizer aquilo que todos nós já sabíamos.
Os professores andam a passar um mau bocado, se calhar por erros do passado, admito. Mas falo por mim, é impossível trabalhar com tranquilidade necessária , num ambiente de tensão permanente. Acredito que tem de existir uma solução. E da parte do Presidente fico seriamente desiludida.
beijos


De 1000íris a 13 de Novembro de 2008 às 17:41
Olha, mais uns que levaram com tomates....

Isto está bonito: não dou muitos dias de vida como Ministra à Maria de Lurdes...



De maria mendonça a 14 de Novembro de 2008 às 01:20
É verdade iris , só agora vi.
Tenho que admitir que não gosto de ver, ensino os meus alunos a serem civilizados e que as questões da discórdia devem ser tratadas com dialogo. Certamente, não é aquilo que a escola lhes ensinou, mas reconheço que a atitude da MLR deixa qualquer um fora de si, e mais depressa os alunos que odeiam o sistema da faltas implementado e as aulas de substituição.
beijos


Comentar post

posts recentes

O Regresso....

8 anos de Blog...

Hoje, Eclipse Lunar

Chegou o Verão...

Associação Casa da Crianç...

Crumble com Pêra...

Simplesmente, rosas....

Por que hoje é Domingo...

Ilha flutuante em chocola...

Tempura de Bacalhau com P...

pesquisar
 
subscrever feeds
tags

todas as tags

arquivos
links
Visitantes da Quinta
PageRank
All recipes are on Petitchef Top blogs de receitas


mais sobre mim