Segue o teu destino. Rega as tuas plantas. Ama as tuas rosas. O resto é a sombra de árvores alheias.
Segunda-feira, 31 de Agosto de 2009
Problemas na Quinta...

Ontem, foi dado o alerta geral.

É oficial, há cobras na Quinta. Este fim de semana foi bem quente, o termómetro passou os 30º e no final da tarde nem queria acreditar, no que os meus olhos viam. A dita cuja, mudou de pele e deixou-a no canteirinho dos cheiros. Junto ao loureiro, à salsa e à hortelã, lá estava a pele. Logo que lhe coloquei a vista em cima, levei um valente susto. Deve ser bem grande, pois a pele deve ter mais de metro e meio.

Bem me parecia, que isto ia acabar por acontecer, dado o tratamento que o jardim andava a ter. Será que entra para dentro de casa? Existem dois degraus a subir mas eu acho que pode entrar.  

Não sei o que fazer com este animal, aceito sugestões...

 

 



publicado por maria mendonça às 17:23
link do post | comentar | favorito

8 comentários:
De José A a 31 de Agosto de 2009 às 22:52
Por muito que eu goste de animais, este é daqueles que não tenho muita simpatia...mas se ela deixou aí a pele, é porque se sentiu segura e isso não deve ser bom. Não sei como ajudar mas espero que encontre solução pois não deve ser agradável ter uma companhia dessas na quinta...


De maria mendonça a 1 de Setembro de 2009 às 23:09
Acredite, que não é nada agradável. Ainda bem que vem aí o Outono e entretanto vai hibernar.


De Jorge Soares a 31 de Agosto de 2009 às 23:08
Olá

Detesto cobras, quando aparecem na televisão mudo de canal.

No quintal dos meus pais costumavam aparecer, nunca nenhuma entrou para dentro de casa, essa também não o fará.

Em Portugal só há uma cobra venenosa, e não mede mais que 20 ou 30 é muito mais pequenina que essa, pelo aspecto essa será uma rateira, come sapos e ratos.. não te preocupes muito.

Jorge Soares


De maria mendonça a 1 de Setembro de 2009 às 23:12
Jorge
Espero bem que tenha razão e que não entre para casa. Se a identificação tiver correcta, então vão acabar os ratinhos do campo, que tenho sempre por aqui e os sapos também. Mesmo assim, não gosto nada de a ter como companhia.


De Cenourita a 2 de Setembro de 2009 às 23:57
Se eu desse conta d'um bicho desses perto de mim... ai ai... nem sei bem, mas acho que desatava a fugir (mesmo só da pele) e pedia ajuda à vizinhaça para uma caça à cobra. Só depois de ter a certeza que ela se tinha finado e que não existia mais nenhuma por perto é que me aproximaria de casa.
Tenho uma imagem gravada na memória de quando era criança, vivia num 1º andar, havia um jardim em volta e numa das laterais do edificio uma trepadeira quase tocava a janela do meu quarto... um vizinho achou estranho o pé da árvore... aproximou-se e uma dessas cobras estava bem esticadinha junto ao tronco da arvore e quase a tocar a minha janela... grrrrrrrrrrr


De Greenie a 10 de Setembro de 2009 às 23:22
Aparentemente é só uma cobra de mato que, apesar do tamanho, vai ter muito mais medo de ti que tu dela. E sim, vai ser útil na tarefa de te livrares dos sapos e ratos que tanto detestas (e de que eu tanto gosto)!
Elas não costumam entrar em casas habitadas precisamente por terem medo. Eu, se fosse a ti, não me preocupava.


De Maria a 22 de Setembro de 2009 às 16:04
Olha, eu no meu terreno tenho ás duzias, porque tenho água, mas convem não deixar a porta de casa aberta, disseram-me que se queiram pano elas fogem, e convem ir ao quintal de galochas nunca de perna à mostra. Espero que ajude.


De Maria a 22 de Setembro de 2009 às 16:05
Eu queria dizer "queimar pano"


Comentar post

posts recentes

O Regresso....

8 anos de Blog...

Hoje, Eclipse Lunar

Chegou o Verão...

Associação Casa da Crianç...

Crumble com Pêra...

Simplesmente, rosas....

Por que hoje é Domingo...

Ilha flutuante em chocola...

Tempura de Bacalhau com P...

pesquisar
 
subscrever feeds
tags

todas as tags

arquivos
links
Visitantes da Quinta
PageRank
All recipes are on Petitchef Top blogs de receitas


mais sobre mim