Segue o teu destino. Rega as tuas plantas. Ama as tuas rosas. O resto é a sombra de árvores alheias.

Segunda-feira, 22 de Agosto de 2011
Futuro das Hortas em Lisboa
Sempre defendi o aproveitamento dos terrenos baldios para a realização de hortas, basta consultar o meu post. Divulguei projectos como a  Horta à porta e  o projecto HiperNatura do Continente.
 
Acreditei, que com a passagem por esta crise que os nossos autarcas tinham percebido a vantagem da ocupação dos terrenos baldios, principalmente nos meios urbanos. Além, de ajudar a ocupar o dia dos reformados e desempregados, o  cultivo dessas  hortas  ajuda as famílias a fazer face à crise e ao aumento continuado do preço dos legumes. A nível autárquico, reduz as despesas com esses espaços, uma vez que não necessitam de jardinagem, ficando agradável à vista. Por isso, foi com muito espanto, que ontem ao assistir ao telejornal da SIC me deparei com esta noticia. O Município de Lisboa, vai aumentar os preços dos terrenos arrendados, podendo em alguns casos vir a cobrar três mil euros de renda.
 
Com este aumento, é normal que esses terrenos fiquem completamente ao abandono, à merece das silvas, roedores, lixo e muito mais. Às vezes sinto que andamos para trás no tempo... Eis a questão, será melhor ter terrenos completamente ao abandono ou cultivados com belos tomates e alfaces?
 
 


publicado por maria mendonça às 14:32
link do post | comentar | ver comentários (7) | favorito

Terça-feira, 16 de Agosto de 2011
Jardins verticais e coberturas

Sempre defendi que as nossas cidades devem ser mais verdes. Estas devem ser dotadas de mais espaços verdes, sejam eles, jardins e parques, jardins exteriores, interiores, paredes verdes, coberturas verdes etc. Além de diminuir o impacto visual das estruturas de cimento, benificiam o nosso ambiente, o nosso bem estar e acredito que aumenta a nossa felicidade. Infelizmente, durante décadas os arranjos urbanísticos foram completamente descurados e existiam inúmeros concelhos sem PDM, ou com PDM completamente desadequados com o crescimento demográfico. Acredito que estamos a entrar numa era de mudança, fruto de uma geração mais atenta ao meio ambiente e ao bem estar do ser humano. A realização de um jardim vertical,  uma cobertura verde, ou mesmo um jardim interior não é tão fácil quanto parece à primeira vista. Para a execução de qualquer um destes jardins há necessidade de conhecer as espécies de plantas, as estruturas, a impermeabilização necessária, a irrigação... etc.

 

Neste sentido, divulgo um curso dirigido a arquitectos/arquitectos paisagistas, urbanistas, técnicos da área do projecto de jardins, empresas de construção de jardins, estudantes de arquitectura/arquitectura paisagista, projectistas, designers e decoradores.

Estes cursos são organizados pelo Jornal Arquitecturas , a realizar em Lisboa e Porto, no mês de Outubro, com o apoio da Monteiro e Ricou, empresa de horticultura e jardinagem  e com os arquitectos Luís Paulo Ribeiro e Catarina Viana, da Topiaris e o engenheiro Diogo Ricou, da Monteiro e Ricou, serão os formadores em novas técnicas, métodos de projectar e instalação de jardins.

 

 



publicado por maria mendonça às 09:00
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito

Domingo, 17 de Outubro de 2010
Produtos Biológicos

 

 

Mas afinal qual o significado deste símbolo?

Começa cada vez mais a aparecer nos produtos expostos nas prateleiras dos nossos supermercados é o certificado de produto biológico, utilizado a partir do dia 1 de Julho de 2010 em produtos bio produzidos nos estados membros da UE.

O que são produtos biológicos?

A existência deste símbolo no exterior das embalagens certifica o consumidor, que está a adquirir um produto produzido de forma ecológica, isto é, produzido através de boas práticas agrícolas, sem adubos nem pesticidas químicos.

Assim sendo, obtem-se um produto de maior qualidade e com preservação ambiental, saudáveis para nós e para o meio ambiente. 

 

http://www.agroportal.pt/

http://www.agrobio.pt/ 

http://www.biologicaonline.net/pt/

 



publicado por maria mendonça às 00:27
link do post | comentar | favorito

Domingo, 25 de Julho de 2010
Mais um desastre ambiental...

Explosão em oleodutos no porto em Dalian, na China em 17 de Julho de 2010.

Mas vale a pena ver os slides até ao fim...

 

 

Fotografia da Greenpeace, mostram um bombeiro a ser resgatado da água pelos seus companheiros, trazido para terra coberto de petróleo.

Não há comentário possível! Neste caso, uma imagem vale mais que mil palavras.

 

 

(AP Photo/Jiang He, Greenpeace)



publicado por maria mendonça às 01:41
link do post | comentar | favorito

Quinta-feira, 19 de Novembro de 2009
Projecto Banca & Ambiente

Finalmente, a banca pode fazer algo pelo ambiente!

Em jeito de resposta a uma questão por mim levanta no Circo, afinal as empresas servem em primeiro lugar as pessoas.

 

 Parabéns à  CGD e ao BES pela iniciativa! Portugal precisa de boas ideias!

 

 

 

A CGD e o BES vão financiar o projecto Banca & Ambiente, no âmbito do Programa Ambiental das Nações Unidas, visando promover o equilíbrio ambiental através da actividade bancária com a padronização dos riscos ambientais na análise do risco de crédito. O projecto arranca amanhã, com a realização de uma conferência de lançamento em Lisboa.
 

"A banca assume um papel pró-activo para sensibilizar as empresas para este tipo de risco, o risco ambiental, na concessão de crédito às empresas", diz Suzana Ferreira, directora de comunicação e de marca da Caixa Geral de Depósitos (CGD).
"A adesão do Banco Espírito Santo (BES) ao Programa Ambiental das Nações Unidas para o Sector Financeiro (UNEP-FI) faz parte de uma estratégia pautada pela partilha de conhecimento e criação de ferramentas que permitam a adopção de práticas ambientais sólidas", revela Paulo Padrão, director responsável pela área de sustentabilidade do BES.
 

O objectivo é que  um conjunto de questões relacionadas com o ambiente deverão passar a ser determinantes na análise de pedidos de financiamento das empresas. fonte: O Jornal Economico



 

 



publicado por maria mendonça às 23:26
link do post | comentar | favorito

Quinta-feira, 3 de Setembro de 2009
Concerto Ecológico

Realiza-se hoje às 21h, no parque da cidade de Paços de Ferreira, um concerto de Tony Carreira. A entrada é gratuita e são esperadas 20 mil pessoas. Só por si, isto não era motivo para o destaque, posso acrescento que o objectivo do concerto é alertar as pessoas para as vantagens das energias renováveis, aproveitando para passar uma mensagem relacionada com a urgência de um modelo energético mais sustentável, menos dependente dos combustíveis fósseis.

Este novo conceito de associar a música à sensibilização para as energias renováveis constituiu o ponto principal da proposta que o cantor Tony Carreira fez ao Município de Paços de Ferreira, que vai apoiar este concerto do ponto de vista logístico. Chama-se “Concerto das Energias Renováveis”, conta com o apoio, entre outras empresas, da Cabelte e do BES.(notícia Jornal Imediato)

 

É importante que os músicos que arrastam multidões, tenham esta sensibilidade, e que assim a mensagem passe para  toda a gente.  A nossa atitude tem de mudar, a bem do nosso futuro. Parabéns, pela iniciativa.



publicado por maria mendonça às 20:15
link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito

Quarta-feira, 19 de Agosto de 2009
Peixes mortos no Rio Ferreira

Estas notícias começam a ser recorrentes.

Depois do arranque de um  projecto chamado “Corrente do Rio Ferreira” que envolve os municípios de Paços de Ferreira, Paredes, Valongo e Gondomar e que tem por objectivo principal o desenvolvimento de acções específicas  para uma despoluição do Rio Ferreira, (ver notícia) segundo o Jornal Imediato, aparece uma notícia destas.

 

Peixes mortos no Rio Ferreira

Apareceram durante o fim de semana passado nas margens do rio peixes mortos, segundo a população de Lordelo, Paredes, devido às descargas da Etar situada em Arreigada, freguesia de Paços de Ferreira, o que causou uma manifestação popular à porta da Câmara de Paços de Ferreira.

E como estamos à porta de eleições começaram, entretanto,  trocas de acusações  entre os vários intervenientes.

Que tal arregaçarem as mangas e  começarem a pensar o que se passa com o rio, em vez de andarem a gastar as energias nas acusações? Ou as energias andam canalizadas para outros assuntos?

 

 
 



publicado por maria mendonça às 18:01
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

Quinta-feira, 11 de Dezembro de 2008
45 quilos de restos no prato por ano

Já alguma vez pensou na quantidade de comida que por vezes fica nas travessas dos restaurantes? Pois é, enorme e vai tudo parar ao lixo. Além de se tratar de um desperdício de comida (o que é inaceitável), acresce o problema da recolha e tratamento de resíduos.

 A Lipor analisou os restos de comida deixados pelos clientes de um restaurante em Espinho, e chegou à conclusão que se produzem 45 quilos por cliente durante um ano. 12% dos restos eram produtos hortícolas (saladas e legumes), 29% eram proteínas (carne e peixe) e 59% eram hidratos de carbono.

Como conclusão a este estudo foi criado o "Menu dose certa". E  consta na redução da quantidade de alimentos servidos sem prejuízo para os clientes e mais económicos. Segundo Alexandra Bento, da Associação Nacional de Nutricionistas, trata-se de uma dose de alimentos mais adequada às necessidades de cada um, tanto em quantidade de alimentos, como em valor nutricional, reduzindo assim os desperdícios.(via  JN

 



publicado por maria mendonça às 14:00
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

Quinta-feira, 4 de Dezembro de 2008
Greenfestival

Deixo uma  sugestão para este  fim de semana prolongado, uma fim de semana mais verde.

Começou hoje em Lisboa até segunda-feira, dia 8 de Dezembro, o Greenfestival.  É um festival de referência na área do Desenvolvimento Sustentável que pretende fomentar a promoção e sensibilização da população para com as preocupações ambientais; para a divulgação de iniciativas produtos e serviços sustentáveis; para a partilha de conhecimento de forma inovadora e relevante; e contribuir para uma mudança de atitudes e comportamentos das comunidades.
O apelo é feito a todos, pois tanto individualmente, como colectivamente, podemos fazer a diferença. A entrada é 1€ e para as crianças é gratuito.O programa é variado,  wokshops, concertos, aulas ... Consulte a programação aqui

 

 

 



publicado por maria mendonça às 15:24
link do post | comentar | favorito

Terça-feira, 11 de Novembro de 2008
Primeira televisão online da energia

Aqui, fica uma boa sugestão de programação.

Foi apresentada a primeira televisão online portuguesa cujo o objectivo é a promoveção do uso sustentável de energia junto dos consumidores finais.

A equipa coordenadora do projecto acredita que a falta de informação é uma das principais razões para o desadequado uso da energia no dia a dia.

A programação da televisão inclui vários documentários e curtas metragens, cobertura de conferências e eventos e mazine de informação sobre práticas sustentáveis.

A TV Energia durará até 31 de Dezembro de 2009, mas a equipa pretende dar continuidade ao projecto se encontrarem parceiros que financiem a iniciativa.

 

Dê um saltinho até www.TVENERGIA.tv  
 



publicado por maria mendonça às 09:09
link do post | comentar | favorito

Quinta-feira, 6 de Novembro de 2008
Parar o aquecimento global

 

 

Se nós desistirmos, eles também desistirão... 

 

 

Campanha da Quercus



publicado por maria mendonça às 10:00
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

Sexta-feira, 3 de Outubro de 2008
Buraco do ozono maior em 2008

Numa visita ao Instituto de meteorologia, na margem direita do ecrã uma noticia prendeu-me a atenção, dizia o seguinte: 

"Depois de ataques químicos poderá demorar cerca de 50 anos para que a camada de ozono recupere totalmente.

De acordo com a Organização Meteorológica Mundial (OMM), o buraco do ozono Antárctico em 2008 deverá ser maior que o registado em 2007. Geralmente o buraco do ozono antárctico atinge o seu máximo no final de Setembro, em 2008 o buraco surgiu relativamente tarde, no entanto nas últimas semanas cresceu rapidamente.

As medições de rotina do ozono são efectuadas em todo o mundo pelos Serviços Meteorológicos e Hidrológicos Nacionais, entre os quais o Instituto de Meteorologia. Estas medições iniciaram-se na década de 50 e em meados da década de 80 as medições ficaram sob a coordenação do Programa de Observação da Atmosfera da OMM (GAW - Global Atmosphere Watch)."

 

Setembro de 2001

(imagem retirada da Wikipedia)

 

Por que será que esta notícia, não me espanta nem um pouco? 

Os mamutes extinguiram-se na idade do gelo mas acho que, a raça humana vai é extinguir-se na era do  fogo, se continuarmos assim, arrastando juntamente toda a fauna e flora do planeta.

Mas afinal o que pode cada um de nós fazer? Aqui deixo, algumas medidas:

 

  1. Usar produtos amigos do ozono.
  2. Não deitar fora frigoríficos, aparelhos de ar condicionado ou desumidificadores, sem retirar o gás refrigerante.
  3. Garantir que os técnicos que reciclam o nosso velho frigorífico e ar condicionado, o façam de forma a que os gases que estes objectos utilizam não sejam libertados para atmosfera.
  4. Se utiliza ar condicionado em casa ou no carro, verificar periodicamente o seu estado para evitar fugas de gás.
  5. Trocar extintores que usem “halon” por outros que usem compostos alternativos (ex. dióxido de carbono ou espuma).
  6. Sugerir actividades escolares com o objectivo de aumentar a consciência cívica do problema.

 



publicado por maria mendonça às 14:51
link do post | comentar | favorito

Segunda-feira, 7 de Julho de 2008
Degelo: costa portuguesa pode ter que recuar

O aquecimento global está a aumentar e a continuar assim a nossa costa irá sofrer alterações. As consequências globais são incalculáveis. Será que ainda vamos a tempo de travar o avanço desta catástrofe?

 

 



publicado por maria mendonça às 10:32
link do post | comentar | favorito

Sexta-feira, 4 de Julho de 2008
Ainda os sacos plásticos...


Em jeito de continuação deste post publicado à uns meses e retomando a história dos sacos de plástico, li no Público que  PS anuncia a intenção de legislar redução do uso de sacos de plástico. Mas o estranho é que o PS foi o único partido que não apresentou nenhum projecto para a redução na utilização de sacos de plástico. Atendendo à  quantidade de sacos que entra nas casas dos consumidores em geral  e sabendo das centenas de anos  que demoram a decompor-se, não está na altura de unir esforços em fazer alguma coisa? Será esta a herança que queremos deixar às gerações vindouras?

Porque razão se fala disto à tanto tempo e parece que todos têm boa vontade mas nunca passa disso? 

 

"Com os elevados preços do petróleo, o mundo não se pode dar ao luxo de não se tornar 'verde'".
Rajendra Pachauri, presidente do Painel Intergovernamental para as Alterações Climáticas,
 



publicado por maria mendonça às 10:03
link do post | comentar | favorito

Sábado, 7 de Junho de 2008
Fim dos bilhetes de papel pode salvar 50 mil árvores

A partir de 1 de Junho a TAP passa a utilizar apenas bilhetes electrónicos, deixando assim os bilhetes de papel. Esta pequena alteração  não será só para a TAP mas para várias companhias aéreas pertencentes à Associação Internacional de Transporte Aéreo (IATA),  e poderá salvar 50 mil árvores.

Pequenos gestos hoje, por um futuro melhor amanhã!

 

 

 Madeira de desmatamento irregular
(foto: Wilson Dias/ABr)

 



publicado por maria mendonça às 10:31
link do post | comentar | favorito

posts recentes

Futuro das Hortas em Lisb...

Jardins verticais e cober...

Produtos Biológicos

Mais um desastre ambienta...

Projecto Banca & Ambiente

Concerto Ecológico

Peixes mortos no Rio Ferr...

45 quilos de restos no pr...

Greenfestival

Primeira televisão online...

pesquisar
 
subscrever feeds
tags

todas as tags

arquivos
links
Visitantes da Quinta
PageRank
All recipes are on Petitchef Top blogs de receitas


mais sobre mim