Segue o teu destino. Rega as tuas plantas. Ama as tuas rosas. O resto é a sombra de árvores alheias.

Terça-feira, 9 de Julho de 2013
Um belo acordar....


publicado por maria mendonça às 11:48
link do post | comentar | favorito

Quinta-feira, 13 de Junho de 2013
Na calma do jardim...

Para aliviar o stress destes dias...

É muito bom chegar a casa, olhar para estas criaturas com vidas simples e relaxar um pouco. Normalmente, quando tenho pão duro costumo dá-lo às aves, mas este hábito trouxe-me uma dor de cabeça. De repente, o pão que o padeiro me deixa de madrugada, começou a desaparecer. Estranhei... teria o padeiro se esquecido? Aconteceu, um dia, dois dias, até que comecei a prestar mais atenção. E descobri, os ladrões...  

Pois, aves sábias,  aprenderam depressa, deixaram de comer pão duro e começaram a comer o fresquinho, logo pela manhã...  



publicado por maria mendonça às 10:15
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito

Segunda-feira, 3 de Junho de 2013
Evolução dos passsarinhos...
Os novos residentes, já têm muitas peninhas... Agora, é ver a "mãe" desesperada para os alimentar! Estão lindos!

 

 

 

 



publicado por maria mendonça às 11:00
link do post | comentar | favorito

Segunda-feira, 27 de Maio de 2013
Nasceram...
Já não há ovinhos, nasceram os passarinhos... Coitadinhos,  são tão pequeninos... 



publicado por maria mendonça às 10:00
link do post | comentar | favorito

Segunda-feira, 13 de Maio de 2013
Mais um ninho... mas com ovinhos ;)
Uma boa maneira de começar a semana, e uma segunda-feira, com mais um ninho, mas este já tem quatro ovinhos!
Há muito tempo, que  via a Pintas, a cadela,  interessada neste arbusto, e já tinha reparado num pequeno passarinho que saia de dentro, mas não encontrava o ninho. É que o ninho é muito pequeno, talvez do tamanho de uma mão, já tinha passado os olhos por lá e não o tinha visto.
A natureza é sábia...
Prometo, estar atenta à evolução dos acontecimentos!



publicado por maria mendonça às 10:30
link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito

Sábado, 11 de Maio de 2013
Uma bela descoberta...

Quem conhece a minha casa, sabe que na porta tenho duas palmeiras... esta é uma delas... Vamos jogar, onde está o Wally? Neste caso, onde está o ninho?

Na quinta-feira, chegada a casa, deparo-me com o tapete junto à porta de entrada um pouco sujo, essencialmente ervas secas e musgo, alguém andou a brincar muito durante o dia, pensei eu.

Olhando melhor para a palmeira, percebi o motivo, um ninho a ser construído, bem no meio da planta. A ave é esperta, está abrigada, do vento, da chuva e das aves de rapina, relativamente à Pintas, não sei se terá sido uma boa escolha, vamos a ver... 

Óptima oportunidade, para fotografar a evolução. Em dois dias, já houve muito trabalho, hoje, já só tem um buraquinho para entrar.  

Um trabalho de engenharia impressionante!

 

09/05/2013
11/05/2013


publicado por maria mendonça às 15:45
link do post | comentar | favorito

Quinta-feira, 9 de Maio de 2013
Escondida....


Escondida num pinheiro mas muito linda! É um luxo, regressar a casa e ser recebida por aves, como esta...

Ganhei o dia ;)


publicado por maria mendonça às 11:15
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito

Domingo, 29 de Abril de 2012
Há dias de sorte....

 

Ainda, há dias assim, dias de sorte, acho que ontem foi um dia desses...  

Sem grande esforço, consegui estas fotografias deste belo animal, suponho uma coruja ou um mocho... Em plena hora de almoço, à luz do dia, algo estranho, atendendo ser um animal da noite. Dotado de uma ótima visão, detetou-me a uns bons metros e nada de muitas aproximações, pois não tolera muitos bem os humanos.

Só foi pena não ter uma grande objetiva na máquina...

 

 


publicado por maria mendonça às 14:00
link do post | comentar | ver comentários (9) | favorito

Quinta-feira, 29 de Março de 2012
Olha, o passarinho!
Já se nota que chegou a primavera, as aves regressaram em força!

Aqui, está a primeira apresentação, suponho que é uma pega-rabilonga, pensava eu... identificada por um leitor atento, parece ser uma Alvéola-branca (Motaccila alba). 


 actualização:02/04/2012

 


publicado por maria mendonça às 23:30
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito

Quarta-feira, 28 de Setembro de 2011
Garça
Este post é dedicado a todos os leitores do Blog da Quinta, mas em especial a um muito atento, amante de aves. 
Viver numa zona de campo tem inúmeras vantagens, acredito que existe uma geração de novos rurais, amantes de cidades e de conforto mas que vivem no campo por opção e pela qualidade de vida. Chegar ao trabalho sem apanhar filas de trânsito, sem stress, respirar um ar mais puro, ter uma pequena horta, ver aves e animais pouco habituais, ouriços, sapos, pica-paus, cucos... é um pequeno luxo.
Imaginem chegar a casa,no fim da semana, uma sexta-feira, já o sol estava baixo, pois tinha chegado o outono, e que bela recepção, uma garça no cimo de um enorme eucalipto. Linda, a apanhar um banho de sol, mas desconfiada.... Aproximei-me para conseguir uma bela fotografia, estava quase junto dela e foi-se.... para mais longe.
 
  
 


publicado por maria mendonça às 09:00
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

Sexta-feira, 17 de Junho de 2011
Os novos residentes...

Pois é, o ninho já tem novos residentes... Eu que pensava que cada pássaro dava uma única ninhada na Primavera, mas esta já é a segunda.

Desta vez são quatro aves. Não sei qual a espécie, são pretos e têm uma cauda acastanhada meia avermelhada, como a que aparece no canto superior esquerdo da fotografia.

Quando lá vou, ficam sossegados, a ver se passam por mortos, mas quando viro costas... é um piar constante! Coitada, da pobre mãe para alimentar as quatro crias, é uma vai e vem constante com comida no bico.

Pelo estado das penas, não devem tardar a voar e a procurarem alimento por elas próprias... espero que longe da Pintas, a cadela!

 



publicado por maria mendonça às 08:19
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito

Domingo, 17 de Abril de 2011
O ninho...

Eu bem disse que estava confirmado, há ninho e eu sabia bem onde ele se encontrava...

Primeira fotografia,  das três crias duas estavam famintas...

 

 

Mais tarde, na tentativa de conseguir um pequeno vídeo volto ao lugar do "crime".  Mas encontro a mãe e esta não arredou pé, nem com a minha presença muito próxima, também não tentei afastá-la, mais tarde voltarei....

 

 



publicado por maria mendonça às 16:47
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito

Segunda-feira, 11 de Abril de 2011
A bela Popa

A Primavera traz à Quinta vida nova, uma renovação anual!

Os passarinhos brincam constantemente, chega o cuco, os pica-paus, os melros, os pardais, as andorinhas... É uma qualidade de vida, que infelizmente, nem todos podem ter acesso. 

Hoje, partilho convosco um bocadinho disso, a popa, registo feito no  Domingo bem cedinho. 

 



publicado por maria mendonça às 13:14
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito

Sexta-feira, 25 de Fevereiro de 2011
Sobre a tília...

Captada nas últimas chuvadas, cá na Quinta.

Coitada, não teve onde se abrigar! E como chovia neste dia!!

  



publicado por maria mendonça às 10:17
link do post | comentar | favorito

Quinta-feira, 1 de Outubro de 2009
Poupa

Hoje, presentei-o-vos com uma das aves que eu considero mais bonitas da Quinta. Elegantes e com um porte majestoso, aprenderam a conviver com os humanos e até com a cadela. Cada vez estão mais sociáveis e toleram a presença das pessoas até uma certa distância.

 

 

Esta é a  Poupa (Upupa sp.) é o nome comum dado às três espécies de aves upupiformes pertencentes à família Upupidae e género Upupa. Em Portugal, a poupa pode ser observada em todo o território continental e no arquipélago da Madeira. Sabe-se que algumas populações são nómadas, mas o seu estatuto de ave residente ou migratória é ainda indefinido.

A poupa é uma ave de médio porte, com 25-27 cm de comprimento, cerca de 50 cm de envergadura e cauda relativamente longa. A plumagem é acastanhada, sendo as asas pretas e brancas e a cauda preta. A poupa ponteaguda que lhe dá o nome é bem visível quando erecta. O bico é longo e recurvado e as patas são acinzentadas e curtas. O seu canto é um característico hoop-hoop-hoop que pode ser repetido ao longo de vários minutos.

 A poupa alimenta-se de insectos e suas larvas, bem como de minhocas e outros anelídeos terrestres, pequenos anfíbios e por vezes pequenas cobras. Embora prefira alimentar-se no solo, é também capaz de caçar insectos em voo.

O estado de conservação da poupa é seguro, mas a espécie encontra-se em regressão na Europa. No último século desapareceu da Suécia, Holanda, Bélgica e grande parte da Alemanha, sobretudo devido à alteração das práticas agrícolas e à introdução do uso de insecticidas.

(fonte: wikipedia)

 

Saber mais : http://www.avesdeportugal.info/upuepo.html

 



publicado por maria mendonça às 09:06
link do post | comentar | favorito

posts recentes

Um belo acordar....

Na calma do jardim...

Evolução dos passsarinhos...

Nasceram...

Mais um ninho... mas com ...

Uma bela descoberta...

Escondida....

Há dias de sorte....

Olha, o passarinho!

Garça

pesquisar
 
subscrever feeds
tags

todas as tags

arquivos
links
Visitantes da Quinta
PageRank
All recipes are on Petitchef Top blogs de receitas


mais sobre mim