Segue o teu destino. Rega as tuas plantas. Ama as tuas rosas. O resto é a sombra de árvores alheias.

Segunda-feira, 9 de Fevereiro de 2015
Sopa chinesa de cogumelos com frango

Os dias frios continuam e os alertas da protecção civil também.

Se no ano passado foi a chuva que nos atormentou, este ano é o frio extremo. 

Por isso, hoje a sugestão é mais uma sopa quente, porém diferente, esta tem um sabor exótico.... Sopa chinesa de cogumelos

Sopa chinesa de cogumelos

cogumelos pleurotus

frango ou galinha cozida 

1 chávena de ervilhas baby

massa noodles

meia cebola picada

meio pimento vermelho

1 fio de azeite

caldo da cozedura do frango

1 ovo

3 colheres de sopa de molho de soja 


Num recipiente leve ao lume o azeite com a cebola a refogar um pouco, acrescente os cogumelos cortados grosseiramente, acrescente um pouco de água e deixe cozinhar, cerca de 5 minutos. Junte o pimento e as ervilhas. 
Desfie a carne, acrescente ao preparado anterior, juntamente com o caldo e o molho de soja. Rectifique de tempero. Atenção, que o molho de soja já é bastante salgado.

Adicione os noodles e deixe cozinhar cerca de 10 minutos.
Entretanto, bata o ovo e verta-o aos poucos para a sopa mexendo sempre com um garfo para formar uns fios. Deixe cozinhar mais uns minutos e sirva bem quente.



publicado por maria mendonça às 12:18
link do post | comentar | favorito

Quinta-feira, 5 de Fevereiro de 2015
Para aquecer nestes dias frios..

Mais uma descida acentuada da temperatura nestes dias, com as noites a registarem temperaturas negativas ou muito próximas de zero.

A Direcção Geral de Saúde alerta e aconselha, o tempo frio obriga a cuidados redobrados.

  • Verificar a manutenção dos equipamentos utilizados para aquecimento antes de os utilizar;
  • Se utilizar lareiras, braseiras, salamandras ou equipamentos a gás mantenha a correta ventilação das divisões de forma a evitar a acumulação de gases nocivos à saúde;
  • Não utilizar equipamentos de aquecimento de exterior (esplanadas) em espaços interiores;
  • Antes de se deitar ou sair de casa certifique-se de que apagou ou desligou os equipamentos de aquecimento, de forma a evitar fogos ou intoxicações;
  • Tenha especial atenção com os idosos e crianças para evitar queimaduras.
  • Use várias camadas de roupa adequadas à temperatura ambiente;
  • Proteja as extremidades do corpo (use luvas, gorro, meias quentes e cachecol);
  • Ingira bebidas e alimentos quentes.

Por isso, hoje sugiro uma boa açorda de bacalhau, para aquecer...

A gastronomia do nosso Alentejo no seu melhor!!

Açorda de Bacalhau

 1 a 2 postas de bacalhau

fatias de pão

2 dentes de alho

sal, pimenta e azeite q.b.

coentros frescos (eu usei salsa)

ovos 

Coza ligeiramente o bacalhau e reserva a água da cozedura. Deixe arrefecer o bacalhau, retire a pele e desfaça-o em lascas. Esmague o alho, os coentros e um pouco de sal e coloque tudo no caldo do bacalhau e tempere a gosto.

Num prato de sopa, corte o pão às fatias e reserve.

Leve o caldo ao lume, até levantar fervura, parta os ovos um a um e faça os ovos escalfados. 

No prato de sopa, já com o pão coloque o bacalhau desfiado, o ovo em cima e verta com o caldo.



publicado por maria mendonça às 12:30
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito

Quinta-feira, 29 de Janeiro de 2015
Esparguete de Caril

Já tinha escrito em diversas ocasiões como as massas evoluiram nos últimos anos.

Apareceram no mercado massas gourmet enriquecidas com vários ingredientes, com picante, azeitonas,  pesto, cogumelos, etc...

Neste jantar experimentei a massa Esparguete de Caril da Milaneza. 

A descrição da receita, está um pouco sucinta, mas é mesmo muito simples.

Desejo vos um bom almoço...

Massa de caril com camarão e maçã

Basta cozer a massa numa panela com bastante água cerca de 9 minutos.

Alourar os camarão em algum azeite, adicione um pouco de leite de coco e juntar a massa. Para terminar, sirva com maçãs laminadas na hora. 



publicado por maria mendonça às 12:15
link do post | comentar | favorito

Quarta-feira, 14 de Janeiro de 2015
Salmão fumado

Coisas simples, num jantar especial.... com esta entrada de salmão fumado salpicada com  gotas de limão, acompanhada com pão e manteiga.

salmão fumado

 

 



publicado por maria mendonça às 16:08
link do post | comentar | favorito

Terça-feira, 13 de Maio de 2014
Arroz de Raia

O Algarve tem tido sido alvo nestes últimos tempos de muito boa publicidade. Seja pelas  melhores e mais bonitas praias, os melhores restaurantes, uma gastronomia fantástica, recantos quase selvagens....

Para mim, esta zona tem do melhor peixe. Preparem-se, vamos ter no blog algumas receitas das iguarias desta região.

Começo com um delicioso arroz de raia.

 

 

1 cebola
3 colheres da sopa de azeite
2 tomates bem maduros
1 chávena de arroz
500g raia fresca, sem pele
vinho branco q.b.
coentros q.b.
temperos q.b.
Picar a cebola finamente e refogar com o azeite, sem deixar queimar. Retirar as sementes e a pele aos tomates e picá-los ao cubos pequenos, juntar ao refogado  e deixar cozinhar até o tomate se desfazer. 
Acrescentar a água para o arroz, ou caldo de peixe, e quando levantar fervura, juntar o arroz. Habitualmente, 3 de chávenas de água para uma de arroz. Eu uso, arroz carolino, mas é uma questão pessoal, pode ser de outro tipo. Por último, acrescentar a raia cortada aos cubos, temperar de sal, pimenta e piripíri e juntar um pouco de vinho branco. Deixar cozinhar em lume brando. Até o arroz cozer, deve ficar tipo, malandrinho, isto é, não seco.
No final, na hora de servir, polvilhar com coentros picados ou salsa, se preferirem.  



publicado por maria mendonça às 11:10
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

Segunda-feira, 3 de Fevereiro de 2014
Brunch... bruschetta de ovos mexidos

Afinal, o que é um brunch?

Um pequeno almoço tardio ou um almoço mais leve, ideal para os fins de semana quando se acorda mais tarde. Uns ovos mexidos, cereais, compotas doces, tartes doces e salgadas, fruta, sumos naturais, café, chá podem compor a mesa para um brunch.

Sugestão de hoje, bruschetta de ovos mexidos com cogumelos.

 

3 ovos
6 cogumelos pleurotus
pão de batata doce
sal e pimenta q.b.
Utilizei cogumelos plerotus porque era os que tinha em casa, mas podem ser brancos laminados. Quando ao pão de batata doce é um delícia, mas pode ser substituido por qualquer outro de boa qualidade.
Comece por saltear os cogumelo laminados e tempere de sal e pimenta a gosto. Bata os ovos numa tigela e junte aos cogumelos, baixando um lume, deixe cozinhar, só um pouco, para não ficarem secos. 
Sirva de imediato sobre uma fatia de pão torrado. 


publicado por maria mendonça às 10:46
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

Quinta-feira, 14 de Novembro de 2013
Amêijoas à Bulhão Pato
Mal vi estas amêijoas na peixaria, cá do sítio, decidi logo o que haveria de ser o meu jantar. E nem hesitei, na receita que ia fazer, seria um crime fazer de uma outra forma.
Uma receita fácil mas é no simples que reside o encanto, servi apenas com pão.... Amêijoas à Bulhão Pato.
1kg de amêijoas
2 dentes de alho 
2 colheres de sopa de vinho branco
100g de bacon picado
azeite q.b.

Sal q.b.
Pimenta q.b.

Comece por colocar as amêijoas em água com sal no frigorífico várias horas. Vá mudando a água, e repetindo o processo, para que larguem todas as areias. Escorras e  passe-as por várias águas, antes de as cozinhar.
Coloque o azeite num tacho e o bacon. Deixe fritar um pouco, adicione os alhos em lâminas mas não deixe queimar. Junte as amêijoas, os temperos, o vinho e tape. Vá agitando o tacho, ou mexendo com uma colher para que todas as amêijoas passem pelo molho. Quando estiverem  abertas retire do lume. Habitualmente, polvilha-se com coentros picados, ou quem gosta com salsa. E sirva de imediato. 





publicado por maria mendonça às 11:16
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito

Terça-feira, 5 de Novembro de 2013
Feijão verde com salsichas e ovos mexidos

Por vezes, deixo de lado as receitas mais elaboradas e apetecem-me refeições mais leves e simples, como é o caso desta receita.

Faço-a muitas vezes, principalmente quando tenho feijão verde da horta fresquinho e totalmente biológico. 


1 cebola picada pequena

300g feijão verde cortado em juliana

1 lata de salsichas

2 ovos

2 colheres de sopa de vinagre

azeite q.b.

sal e pimenta q.b.

 

Faça um refogado com azeite e a cebola picada. Quando a cebola ficar transparente, adicione o feijão, os temperos e uma chávena de água, para não queimar. Tape e deixe cozinhar em lume brando. Quando o feijão estiver cozidos, adicione as salsichas cortadas às rodelas. Numa tigela, bata ligeiramente os dois ovos e adicione o vinagre. Para finalizar, adicione os ovos aos restantes ingredientes e mexa sempre. Desligue o lume, pois o calor continuará a cozer o ovos. Sirva de imediato, bem quente.

Habitualmente, não sirvo com nenhum acompanhamento, mas pode ser servido com uma arroz branco. 



publicado por maria mendonça às 11:12
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito

Quinta-feira, 31 de Outubro de 2013
Bruschetta com Tomate e Presunto

Uma boa ideia para utilizar algum pão mais duro e os tomates que já estejam demasiado maduros para usar na salada. Para cozinhar é preciso imaginação, principalmente nos dias de hoje, com a crise que todos nós vivemos. É preciso, voltar ao tempo das nossas mães e fazer "render" os ingredientes para mais almoços e mais jantares. Nada se deita ao lixo, nem o pão mais duro, nem os tomates muito maduros... E assim, se reinventam as receitas.

As bruchetas podem ser servidas como uma entrada quente ou como um reforço de um jantar menos "composto".

Estas ficaram tempo a mais no forno e por isso, o queijo ficou um pouco mais seco, em cima. 

 

fatias de pão

presunto cortadas em pedaços
tomates maduros cortados em fatias 
queijo ralado q.b.
azeite q.b.
sal q.b.


Pincele as fatias de pão com azeite. Num recipiente refractario, coloque as fatias, em cima de cada, o presunto, o tomate e por fim um pouco de queijo ralado.

Serve qualquer queijo, desde que derreta. Tempere a gosto, eu não coloquei sal, por causa do presunto, mas podem ser usados outro temperos ao gosto de cada um.  E por fim, leve ao forno, pré-aquecido, cerca de 5 a 10 minutos, até o queijo derreter. Sirva de imediato.

 

Nota: Eu utilizei presunto, mas pode ser usado fiambre, chouriço pepperoni, enchidos, restos de carne e até atum. A base da receita é mesmo o pão, o tomate e o queijo... o resto fica é ao gosto pessoal  de cada um de nós.



publicado por maria mendonça às 11:30
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

Quarta-feira, 30 de Outubro de 2013
Batatas Camponesas com Tomilho

Quem me conhece, sabe que eu não sou nada fã de batatas, muito menos de batatas cozidas. No entanto, este ano, na época das batatas, tive muitas batatas novas e experimentei algo de diferente. Achei-as excelentes e de uma simplicidade tão grande, que já voltei a repetir, as batatas ficaram mesmo saborosas. No entanto, há que ter em atenção um pormenor importante, têm de ser batatas novas com a pele fininha e de tamanho médio.

Estas batatas servem como acompanhamento de um assado na perfeição, neste caso, uma carne de borrego.

 

 

 

Batatas novas com casca

Água

Azeite

2 dentes de alho

Sal, pimenta, pimentão doce e tomilho q.b.

 

Comece por lavar muito bem as batatas com a casca, uma vez que vão ser confeccionadas e servidas com a casca. Pode cozer as batatas inteiras, mas demora muito mais tempo, se quer economizar alguma energia, corte-as ao meio. Leve-as a cozer em água abundante temperada com sal. O tempo de cozedura depende das batatas, não podem cozer de mais, devem estar durinhas.

Escorra-as e corte-as em quartos no sentido longitudinal, tentando manter a pele intacta. Numa frigideira, leve ao lume bastante azeite, o suficiente para cobrir o fundo e pique os alhos. Tenha cuidado para os alhos não queimarem. Logo, que o azeite esteja bem quente, acrescente as batatas e os temperos. Deixe saltear bem as batatas, virando-as e mexendo de vez em quando, no final, polvilhe com o tomilho.
Podem ser servidas de imediato, ou acrescentadas num tabuleiro de forno juntamente com uma carne assada. Se forem ao forno, ficam um pouco mais secas, mas igualmente saborosas. 



publicado por maria mendonça às 11:20
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito

Quinta-feira, 3 de Outubro de 2013
Polenta com camarão e cogumelos

Os dias têm sido muito preenchidos, mas finalmente, a receita da Polenta com camarão e cogumelos. A dificuldade esteve em fazer a polenta, depois de pronta e fria, fazer as receitas que tinha planeado foi o mais simples, pois bastou acrescentar algo em cima.

 

Polenta fria (ver a receita)

Camarões cozidos e descascados

Cogumelos (ver nota)

Vinho branco

Azeite, pimenta e sal q.b.

Salsa picada

 

Aqueça azeite numa frigideira e aloure ligeiramente os camarões. Junte os cogumelos laminados e acrescente um pouco de vinho branco. Tempere a gosto. Corte rodelas de polenta e coloque-as num grelhador, para marcarem e aquecerem.

Para a montagem do prato, coloque a polenta no prato, coloque dois ou três camarões em cima e os cogumelos. Acrescente algum molho. Polvilhe com salsa picada.  

 

Nota: Eu usei cogumelos portobello, porque era os únicos que tinha, mas o molho ficou de cor escura. Parece-me melhor, usar os cogumelos brancos.



publicado por maria mendonça às 11:28
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito (1)

Segunda-feira, 23 de Setembro de 2013
Receita Base de Polenta

O meu fascínio pela gastronomia italiana surgiu há muito tempo. É uma culinária muito rica, variada, mediterrânea, muito semelhante à nossa. Têm, ambas, por base o azeite, azeitonas, tomates, pimentos, ervas de cheiro, vinho, pão, massas fermentadas, farinhas e sêmolas, etc.

No século XVI, o milho passou a ser conhecido no nordeste de Itália e depressa se tornou um alimento básico na alimentação, a partir daí a polenta passou a estar presente na mesa a  todas as refeições. A polenta é basicamente uma sêmola de trigo cozida, que depois serve de base na confecção de vários pratos.

Existem três tipos de polenta: a clássica polenta amarela (foi a que fiz), polenta branca, feita com farinha de milho clara e a polenta negra, feita com trigo sarraceno.

Inicialmente, colocarei a receita base da polenta e posteriormente irei acrescentar várias receitas.

 

 

125g de sêmola de milho

3/4 litro de água

sal

 

Numa panela leve a cozer uma pitada de sêmola de milho na água temperada com sal. Quando a água começar a ferver, deite lentamente a sêmola restante, sem parar de mexer. Mexa tanto mais energicamente, quanto mais consistente estiver a polenta. Se, entretanto se formarem grumos, desfaça-os com um garfo. Reduza o lume e deixe cozer cerca de 30minutos, mexendo sempre.

Esta é a parte essencial da receita, não se pode parar de mexer e quando a massa fica mais grossa e muito quente, formam-se bolhas ao ferver que rebentam e podem espirrar. Muito cuidado para não se queimarem.

A polenta está pronta quando a polenta se começa desprender de uma crosta que se forma no fundo da panela. Deite-a numa tábua de trabalho e alise-a com uma faca.

Enquanto estiver quente, a polenta corta-se com um fio, quando arrefecer corta-se com uma faca. Esta deixei arrefecer. 



publicado por maria mendonça às 12:00
link do post | comentar | ver comentários (5) | favorito

Sábado, 21 de Setembro de 2013
Compota de Tomate

Continuando na onda do tomate e como pode ser conservado. Outra sugestão, que aguenta bem um ano inteiro é a Compota ou Doce de Tomate.  É sempre bom ter variadas compotas em casa, para acompanhar num lanche improvisado à última da hora ou para presentear os amigos. Deixo a sugestão, para os presentes do próximo Natal...

 

 

1 kg de tomate pelado e sem grainhas

700g de açúcar

1 casca de limão

1 pau de canela

 

Comece por tirar a pele e as grainhas aos tomates e corte-os em pequenos pedaços. 

Numa panela coloque o açúcar, a polpa dos tomates, a casca do limão e o pau de canela. Deixe cozinhar uma hora ou mais. O tempo de confecção pode variar, normalmente uma compota está pronta quando engrossa e chega ao ponto estrada. Se retirar um pouco do doce para um prato e passar o dedo, faz uma "estrada". Retire o pau de canela e a casca do limão e pode triturar o doce com uma varinha mágica. Depende do gosto de cada, se gosta de sentir a polpa, então utilize mesmo assim.

Para terminar, deite em frascos esterilizados, feche-os e coloque-os virados para baixo. Assim, ganham vácuo e conservam-se mais tempo.



publicado por maria mendonça às 12:36
link do post | comentar | favorito

Quinta-feira, 19 de Setembro de 2013
Chutney de Tomate

Continuação do post sobre os tomates e o que fazer com eles. Uma sugestão é fazer um Chutney.

Chutney é um condimento oriundo da gastronomia indiana, tem a consistência de uma compota, mas é agridoce e muito ou pouco picante, pode ser guardado como uma conserva. Habitualmente, utilizo-o no acompanhamento de carnes ou peixe assadas ou grelhadas, até mesmo como acompanhamento para queijos fortes. 

 

 

100g de açúcar mascavado

100ml de vinagre de vinho branco

2 cravos de índia

1 pau de canela

1 piri-piri

150g de cebola roxa

400g de tomate maduro

1 colher de chá de sal

 

Comece por tirar a pele e as grainhas ao tomate e corte-o em pequenos pedaços. 

Numa panela coloque o açúcar e o vinagre e deixe cozinhar até obter um caramelo leve. Acrescente as especiarias, o sal, a cebola roxa cortada em meias luas finas. Adicione o tomate e deixe cozinhar durante 30minutos ou até o molho engrossar.

Deite em frascos esterilizados, feche-os e coloque-os virados para baixo.



publicado por maria mendonça às 11:38
link do post | comentar | favorito

Sexta-feira, 13 de Setembro de 2013
Panna Cotta de Ananás

Hoje, algo simples para sobremesa... Panna Cotta de Ananás.

A receita é igual à de morango, que está explicada neste post. As únicas diferenças foram que em vez de morangos, utilizei, puré de ananás e foi servida numa taça.

Para o puré de ananás, apenas coloquei algumas rodelas de ananás em lata, numa picadora e triturei até obter puré, muito simples. Servir bem frio.

 


publicado por maria mendonça às 12:31
link do post | comentar | favorito

posts recentes

Sopa chinesa de cogumelos...

Para aquecer nestes dias ...

Esparguete de Caril

Salmão fumado

Arroz de Raia

Brunch... bruschetta de o...

Amêijoas à Bulhão Pato

Feijão verde com salsicha...

Bruschetta com Tomate e ...

Batatas Camponesas com To...

pesquisar
 
subscrever feeds
tags

todas as tags

arquivos
links
Visitantes da Quinta
PageRank
All recipes are on Petitchef Top blogs de receitas


mais sobre mim