Segue o teu destino. Rega as tuas plantas. Ama as tuas rosas. O resto é a sombra de árvores alheias.
Terça-feira, 23 de Agosto de 2011
Sê...

 

Se não puderes ser um pinheiro, no topo de uma colina,

Sê um arbusto no vale mas sê

O melhor arbusto à margem do regato.

Sê um ramo, se não puderes ser uma árvore.

Se não puderes ser um ramo, sê um pouco de relva

E dá alegria a algum caminho.

 

Se não puderes ser uma estrada,

Sê apenas uma senda,

Se não puderes ser o Sol, sê uma estrela.

Não é pelo tamanho que terás êxito ou fracasso...

Mas sê o melhor no que quer que sejas.

 

Pablo Neruda

 

 

 Bétula Alba do meu jardim

  

 



publicado por maria mendonça às 20:41
link do post | comentar | favorito

7 comentários:
De sandrafofinha25 a 30 de Agosto de 2011 às 23:19
muito bonita a fotografia. muito bonito o poema,obrigada pela partilha. devemos ser aquilo que nos faz felizes. visita meu cantinho amiga. beijinhos fofinhos.


De maria mendonça a 30 de Agosto de 2011 às 23:25
Olá Sandra´
Gostei da sua afirmação "devemos ser aquilo que nos faz felizes", parece tão simples, nós é que seguimos regras e protocolos e complicamos a vida...
beijo grande


Comentar post

posts recentes

O Regresso....

8 anos de Blog...

Hoje, Eclipse Lunar

Chegou o Verão...

Associação Casa da Crianç...

Crumble com Pêra...

Simplesmente, rosas....

Por que hoje é Domingo...

Ilha flutuante em chocola...

Tempura de Bacalhau com P...

pesquisar
 
subscrever feeds
tags

todas as tags

arquivos
links
mais sobre mim