9 comentários:
De Catarina Oliveira a 7 de Junho de 2013 às 14:12
Esta coisa da greve no dia do exame de português é um prejuízo para os alunos do 12º. Enfim...

P.S.: Se quiser, visite o meu. Todos os dias publico um novo capítulo dum livro escrito por mim. Aborda temáticas como violência doméstica, vida após a morte, romance e experiências "com o além".
Visite: http://writing-world.blogs.sapo.pt/


De maria mendonça a 7 de Junho de 2013 às 17:44
Olá
Acredite em mim, os alunos não precisam de ter medo, eles não serão prejudicados. O que pode acontecer é a data ser alterada e fazerem o exame na 2ºchamada.
Obrigada pela sua visita e passarei no seu blog, certamente.


De Catarina Oliveira a 7 de Junho de 2013 às 19:36
Eu acredito em si. A questão é que essa alteração de data do exame pode não ser muito vantajosa para alunos que, para além dos exames de Português e Matemática, queiram fazer melhoria de nota a outros; será estudo a dobrar (penso eu).

E obrigada! Aguardarei a sua visita :)


De mudadelinha a 7 de Junho de 2013 às 21:13
eu compreendo a situação dos professores, mas iga-me sinceramente se para alunos que queiram na primeira chamada nas faculdades, terá um resultado bom fazerem os exames na 2ª fase?

estava a passar por aqui e, reparei nos comentários.

desculpa a intromissão, boa noite*


De Catarina Oliveira a 9 de Junho de 2013 às 15:16
Eu sou aluna do 12º ano e estou com receio do q possa vir desta "ameaça" de greve por parte dos professores. Tudo muito bem, eles têm todo o direito a expressarem a revolta em relação ao governo e às medidas q têm estado a ser tomadas mas temos de ver q há todo um mundo à volta e q os alunos não deveriam sair prejudicados. Eu, tal como muito outros estudantes, estou a contar com o exame de português como prova de ingresso e, se a greve se mantiver para o dia do exame, pois aí já vai ser complicado seguir com a minha ideia avante e candidatar-me para a 1ª chamada da universidade.

Haverão mais oportunidades para os professores se manifestarem e acho q esta não é a ideal, pois não estão a prejudicar o governo mas sim os alunos q querem seguir com a sua vida e singrar num futuro no seu próprio país.


De maria mendonça a 11 de Junho de 2013 às 18:28
Possivelmente, apenas a data será alterada. Quer isto dizer, que o exame será adiado e o prazo de candidaturas também. Como já foi feito em anos anteriores, por outros motivos diferentes da greve. Os alunos devem continuar a estudar e não têm de ter medo. Este Ministro já vos prejudicou muitos nestes ultimos anos, terminou com projetos, aumentou o números de alunos por turma... É pelo vosso futuro que lutamos. Bom estudo!


De raquel a 8 de Junho de 2013 às 16:23
Compreendo os professores e se fosse feita uma requisição civil a tempo estaria completamente de acordo. Mas como aluna do 12º ano, sinto que uma greve para dia 17 de Junho é um ataque ao meu futuro. Se os exames da 1ª fase fossem feitos na 2ª, os da 2ª seriam adiados e basicamente tudo o resto seria adiado, incluindo colocações. Não me agrada nada o que se está a passar. Defender os seus direitos é muito bom, mas não quando se passa por cima dos outros, mesmo que não se tenha essa intenção.


De maria mendonça a 11 de Junho de 2013 às 18:38
Raquel
O colégio arbitral acabou de decidir, não existem razão para decretar serviços minimos para os dias de exames.
Argumentaram que, a greve, "não afeta de modo grave e irremediável o direito ao ensino na sua vertente de realização dos exames finais nacionais, não se estando por isso perante a violação de uma necessidade social impreterível".
Não estamos a passar por cima de ninguém, muitos menos dos alunos. Estamos a lutar pela qualidade de ensino dos outros alunos. Deves continuar a estudar e não teres medo, confia nas tuas capacidades. E boa sorte, para o ingresso no ensino superior.


De Luis Moreira a 8 de Junho de 2013 às 19:02
Liberdade de escolha para as famílias. Os professores já não tinham que andar vergados a trabalhos tão pesados. Autonomia, mérito e liberdade de escolha. O estado não gasta um tostas mais. Não se sacrifiquem mais. Nós, os pais, agradecemos!http://bandalargablogue.blogs.sapo.pt/415618.html


Comentar post