De Abrantes a 18 de Junho de 2013 às 16:23
Desculpe ter-me "introduzido" abusivamente no seu Blog, pretendi somente expressar uma opinião sobre algo que, certamente por insuficiência minha, não consigo entender.
Não sou professor e talvez esse facto não me permita avaliar totalmente a razão que, eventualmente, vos assistirá. Mas ao recordar-me das minhas passadas épocas de exame e do sossego e tranquilidade que necessitava para preparar aqueles momentos cruciais, confesso que não consigo compreender como é possível que os professores não tenham preservado aquele dia (de exame) de toda e qualquer reivindicação, por mais justa que fosse.
E olhe que a escola pública vai mesmo sair prejudicada com tudo isto, como o confirmam outras opiniões, como esta do Henrique Raposo do Expresso : "Os miúdos privilegiados dos colégios privados vão fazer os exames sem stress, porque os seus professores não fazem greve (apesar de ganharem menos). Os grandes prejudicados são os miúdos que só podem andar na tal escola pública, a instituição que foi destruída por esta absurda inversão moral: em Portugal, o debate em torno da educação gira em torno dos professores, e não em torno dos alunos."
Não incomodarei mais.
Que a tranquilidade regresse rapidamente à Escola, para bem do País.
Obrigado


De maria mendonça a 19 de Junho de 2013 às 12:50
Bom dia
Fico contente que se tenha sentido livre de expressar a sua opinião , é da "discussão" e da troca de ideias que nasce a luz.
Concordo plenamente consigo, espero que a paz e a tranquilidade regresse às escolas, para continuarmos a ensinar e a formar a futura geração, para que Portugal possa sair da crise, o mais rapidamente possivel.
Relativamente à escola pública vs colégio privados, conheço pessoas formadas nos dois sítios , os mais bem sucedidos não são necessariamente os do colégios. Os que têm sucesso são alunos que encaram as dificuldades como desafios e aproveitam as oportunidades, são resilientes, fazem voluntariado, que se colocam no lugar dos outros, que lutam pelo que querem, porque sempre o fizeram... Salvo, raras excepções , este tipo de pessoas não se encontram nos colégios privados, esses sempre tiveram tudo, porque os pais lhes puderam oferecer tudo, não conhecem as dificuldades e quando perante obstáculos da vida, não reagem e não encontram soluções... Estas capacidades/competências, não se ensinam nos currículos , mas surgem de diversas situações que são vividas dentro da escola ao longo da escolaridade. Aceitar, que na turma há alunos diferentes, cada um com a sua vivência, que podem não vestir roupa de marca, podem não ter os ipad , ipod , imac , ps3 e afins, podem não ser iguais e aprender a lidar com isso, é muito importante para a formação como pessoas.
Para mim, a escola é tudo isto, muito mais que um conjunto de salas, onde lecciono , a disciplina maldita a matemática.
obrigada pela sua visita.


Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres