Segue o teu destino. Rega as tuas plantas. Ama as tuas rosas. O resto é a sombra de árvores alheias.
Terça-feira, 15 de Janeiro de 2008
Receita de Cheesecake (Semi-frio de Iogurte)

O prometido é devido, e por isso coloco hoje a receita do meu Cheesecake, Semi-frio de Iogurte. Ver a receita de Cheesecake com queijo.

Antes da receita, só umas notas. Apesar do Cheesecake ser originário dos EUA, nem sempre leva queijo. O nome Cheesecake deve-se à textura cremosa que apresenta. Existem diversas formas de o fazer, o que faz com que a receita varie de país para país, e mesmo nos EUA varia de região para região.

 

2 pacotes de natas

1 lata de leite condensado

6 folhas de gelatina

10 bolachas Maria  

manteiga qb

 

Triture as bolachas e junte a um pouco de manteiga derretida. Despeje este preparado numa tarteira de fundo amovível, pressionando o preparado para que fique compactado. Depois bata as natas e quando estiverem cremosas junte 1 lata de leite condensado. Demolhe  as folhas de gelatina num pouco de água, escorra-as e leve-as ao lume em banho Maria com 3 colheres de água fria. Depois desta operação junte-as ao preparado anterior, voltando a bater tudo muito bem. Despeje o conteúdo na tarteira em cima da bolacha e leve ao frigorífico.

 

Como fica muito forte eu tenho alterado a receita, e em vez de 2 pacotes de natas coloco só um e 2 iogurtes naturais, fica mais leve. Para a cobertura compro frutos vermelhos que levo ao lume com algum açúcar e trituro tudo com a varinha mágica. Acrescento uma folha de gelatina demolhada em água fria e verto em cima. No final é só desenformar e servir.

Se optarem por não fazer a cobertura podem servi-lo com chocolate amargo preto derretido na hora.

 

 {#emotions_dlg.meeting}02/08/2011

Depois de tanta controvérsia nos comentários sobre o nome dada a esta receita, tal como constava no meu caderninho de receitas pessoal, decidi alterar o seu nome, passando a chamar-se Semi-frio de Iogurte. Se procuram a receita de um CheeseCake com queijo, sigam o link, uma receita parecida com queijo, a mesma aparência mas muito mais calórica....



publicado por maria mendonça às 21:51
link do post | comentar | favorito

4 comentários:
De mf a 13 de Outubro de 2008 às 09:43
Desculpe, mas cheesecake é sempre uma sobremesa com queijo! Por isso se chama "Cheese-cake", e não é por ser cremosa, senão seria creamycake, ok? Nos EUA, leva até bastante queijo creme, chega a levar cerca de 750 gr de queijo tipo marcarpone... Desculpe o comentário, mas eu sou acérrima defensora deste doce, que para mim, é dos melhores do mundo e já o comi nos EUA, Delicioso!


De luana a 25 de Novembro de 2008 às 00:55
Originada na Grécia antiga , as primeira cheesecakes foram inventadas para utilização como alimento para os atletas olímpicos do templo. Agora, a moderno iteração do cheesecake é uma deliciosa sobremesa amada por todos, ao contrário dos tempos da Grécia antiga, quando era simplesmente como um alimento energético .

Ingredientes da primeira cheesecakes foi basicamente queijo de vaca ou de cabra; puré em uma polpa, mel de doçura, farinha de trigo para o volume e textura e um pouco de água para fazer a resultante goop macia. Todos os ingredientes foram combinados em conjunto, em seguida, moldados em patties ou bolos. Eles foram, então, cozido, resfriado e serviu para os atletas tempo suficiente até que esses bolos eram populares como elas provaram boa. Logo, cheesecakes tornou-se uma importante característica na cozinha grega. Estes bolos foram então usados em casamentos como se tornou habitual para uma noiva fazer e servir mini cheesecakes ao noivo eos amigos. Esta tradição gradualmente evoluiu para o moderno casamento bolo.

Quando o Império Romano vieram e ocuparam o territóri e derrotou os gregos, entre os e adopta um lote de alimentos grego, bem como tradições. Quando o exército romano varrida em outras partes do mundo que eles trouxeram com eles a cheesecake especialmente na Europa e Grã-Bretanha. Por isso, muitos locais diferentes versões do cheesecake foram criados como o bolo foi comumente amados pelo ocupados nações. O cheesecakes tinha dado propagação do mundo antigo para o novo mundo e em breve E.U.A. também tornou-se o novo centro do cheesecake.

O moderno cheesecake é composta essencialmente de uma mistura de uma variedade de queijo incluindo queijo cottage , Queijo creme, ou ricotta. Diferentes variedades de queijo acrescentar diferentes sabores para um cheesecake. Existem duas grandes variedades cheesecakes famoso no E.U.A.. O mais comum dos dois é o judeu cheesecake ou de outra forma conhecido como New York Style cheesecake, que é basicamente um creme queijo bolo com base em um cracker crosta. A partir desta base receita muitas variações desta sobremesa têm evoluído ao longo do tempo simplesmente adicionando diferentes sabores e coberturas, estas incluem sabores tais como Key Lime, Tiramisu cheesecake, chocolate, muitas frutas e sabores, como manga e morangos.

O italiano cheesecake é uma outra variedade popular. A receita para este cheesecake foi transmitida durante muitos séculos por perito chefs para sua próxima geração. O italiano cheesecake é feita com ricotta queijo e pedaços de fruta candied e tem pastelaria crosta. Um costume cheesecake é alta em calorias e gordura, devido à natureza dos ingredientes. No entanto, com a evolução dos adoçantes artificiais e baixo teor de gordura dos ingredientes, hoje podemos encontrar cheesecakes sem gordura e açúcar adicionado cheesecakes ou mesmo açúcar livre cheesecakes. Embora este deserto é muito mais saudável agora, graças a Deus, ele ainda conseguiu manter o seu sabor.


De DCP a 22 de Dezembro de 2008 às 17:15
Realmente... Cheese-cake é maravilhoso e é sempre bem-vindo!
Como o nome já diz, 'bolo de queijo', não poderia ser diferente, ou seja, sem queijo ;)
Mas de qq forma, esta receita deve ser boa, e digo uma coisa: tem mesmo é 'carinha' de semi-frio!!!
Abraços


De Ermelinda Salvado a 26 de Julho de 2009 às 19:42
Efectivamente não pode haver cheesecake sem queijo cheese ), seja ele da variedade que for. Até admito que seja feito com queijo fresco ou com requeijão mas nunca com natas.
A receita que aparece parece-me outra coisa. Tenho esta receita, com o nome de semi-frio de natas - assim sim! faz sentido. A única variante é que é coberta com bolacha-maria ralada em vez de compota de frutas.
E já agora, corroboro as palavras dos outros comentários, especialmente da que diz que a textura cremosa daria o nome à receita de, quando muito, creamycake.
Uma vez que a receita é de sua autoria, não pensou ainda em mudar o nome? Eu fá-lo-ia, no mínimo para respeitar os ingredientes e o valor linguístico que cada palavra transporta em si. Ou seja, não é só a língua que não varia de país para país, também o nome dos ingredientes que servem de base às receitas não podem variar.
Gostaria de ver um comentário de um chef ', que certamente lhe sugeriria o que sugeri - mude o nome à receita e a questão não levanta celeuma.
Seja feliz!


Comentar post

posts recentes

O Regresso....

8 anos de Blog...

Hoje, Eclipse Lunar

Chegou o Verão...

Associação Casa da Crianç...

Crumble com Pêra...

Simplesmente, rosas....

Por que hoje é Domingo...

Ilha flutuante em chocola...

Tempura de Bacalhau com P...

pesquisar
 
subscrever feeds
tags

todas as tags

arquivos
links
mais sobre mim