Segue o teu destino. Rega as tuas plantas. Ama as tuas rosas. O resto é a sombra de árvores alheias.
Segunda-feira, 9 de Junho de 2008
Jarros, Zantedeschia ou Copo de Leite

Os jarros (Zantedeschia) pertencem à família das Araceae, e são originários da África do Sul. Gostam de solo bastante húmido, por isso, é comum vê-los nas margens de rios ou de lagos. Têm folhas verdes brilhantes e as flores são grandes e normalmente brancas. Tanto as folhas como as flores são bastantes ornamentais, para utilização em arranjos e duram bastante.   São uma planta muito  fácil de cultivar, no entanto à que ter em atenção a sua toxidade.  Tanto podem ser plantados em canteiros como em vasos. Em climas quentes plantar à semi-sombra, em climas temperados dão-se bem em pleno sol.

Após selecção e cruzamento com outras espécies foram conseguidos jarros de outras cores (amarelos, vermelhos, roxos, laranjas e pretos)  até de formas diferentes, chamados mutantes.  Para ver  algumas espécies siga o link  http://www.lakesidecallas.com/

Apesar da plantação ser algo simples a colocação do rizoma pode levantar alguma dúvida.

A parte que tem de ficar virada para cima tem uns picos, neste exemplo até já estão a nascer os rebentos e a parte lisa fica para baixo.

 

 

                   parte virada para  cima                                      parte virada para baixo

 

Os que plantei já começaram a rebentar, a chuva atrasou-os um pouco mas com este sol têm-se desenvolvido bastante. Aqui ficam as folhinhas.

 

                     

 

 

 

Actualização:

 

22/07/2008- Os jarros já nasceram, podem encontrá-los aqui, aqui, aqui, mais aqui e aqui.

 



publicado por maria mendonça às 10:00
link do post | comentar | favorito

3 comentários:
De Micael a 9 de Junho de 2008 às 12:29
Parabéns.
Nos Blogs em destaque da SAPO, hoje dia 9 de Junho, está . . . em destaque.
O seu blog é muito agradável. A diversidade dos temas e um cheirinho do seu cantinho com os seus desabafos, leva-nos a vê-lo todos os dias.

Micael


De Joanina a 9 de Junho de 2008 às 18:44
Olá . Ao ler este seu post sobre jarros, pensei que talvez me pudesse esclarecer uma duvida que ate hoje em mim persiste. Eu vivo na Califórnia, e na casa onde viva previamente tinha uns jarros lindos, amarelos e vermelhos, que eram o meu orgulho! Estavam realmente plantados num solo húmido e a sombra. Entretanto cresceram imenso e resolvi mudar parte, para outro lado do jardim. Acontece que morreram todos! Os que transplantei e os que ficaram no mesmo sitio! Ate hoje não sei porque tal sucedeu... Será que tem alguma ideia?
Parabéns pelo blog e pelo destaque!!
Jo


De maria mendonça a 10 de Junho de 2008 às 23:06
Obrigada Micael e Joanina.
Realmente esta equipa do nosso amigo batráquio mimam-me demais.
Quanto à questão apresentada Joanina, infelizmente não encontro explicação. É estranho terem morrido todos. Já pensou em voltar a plantá-los?
beijos


Comentar post

posts recentes

O Regresso....

8 anos de Blog...

Hoje, Eclipse Lunar

Chegou o Verão...

Associação Casa da Crianç...

Crumble com Pêra...

Simplesmente, rosas....

Por que hoje é Domingo...

Ilha flutuante em chocola...

Tempura de Bacalhau com P...

pesquisar
 
subscrever feeds
tags

todas as tags

arquivos
links
mais sobre mim