Segue o teu destino. Rega as tuas plantas. Ama as tuas rosas. O resto é a sombra de árvores alheias.
Quinta-feira, 9 de Outubro de 2008
Hortas em Guimarães

Continuando a defender a ideia da construção de hortas perto dos grandes centros populacionais, divulgo hoje a iniciativa  da Câmara de Guimarães em  oferecer hortas para que os habitantes cultivem alimentos biológicos. 

 “A câmara decidiu fazer uma horta pedagógica e biológica nos terrenos não cultivados para permitir uma maior educação ambiental mas também para que os habitantes da cidade possam cultivar produtos para depois consumir”, referiu o vereador da autarquia.

Esta iniciativa está integrada no projecto HiperNatura  do Continente, e tem como objectivo  recuperar, edificar e modernizar espaços verdes de várias cidades de Portugal onde existam hipermercados da marca. Além de Guimarães estão associadas a este projecto as seguintes autarquias: Albufeira, Amadora, Cascais, Covilhã, Coimbra, Leiria, Lisboa, Loures, Maia, Matosinhos, Ovar, Porto, Portimão, S. João da Madeira, Seixal, Viana do Castelo, Vila Nova de Gaia, Vila Real e Viseu.

Realmente, é verdade as pessoas não imaginam o bem que faz cultivar um canteiro ou simplesmente umas plantinhas em vasos, é uma verdadeira terapia. Em vez de passarem horas no divã do psiquiatra, enterrados em depressões e comprimidos, o melhor é comprar uns vasinhos, uns bolbos (começa a ser a época), plantá-los, regá-los e cuidar deles. 
 

Um facto curioso é que os 25 candidatos a estas parcelas de terreno maioritariamente  são contabilistas. Será esta profissão assim tão stressante?

 

Ver notícia do Público


 

 



publicado por maria mendonça às 18:30
link do post | comentar | favorito

2 comentários:
De Cenourita a 10 de Outubro de 2008 às 15:52
Fiquei fascinada com esta ideia e vou já tratar de me inteirar melhor do assunto junto da Câmara Municipal de Leiria. É que por trás da Tasca existe um terreno que foi cedido à Câmara pelo construtor com a promessa de fazerem lá um jardim e um parque de jogos. Pois... de promessas está o mundo cheio, e graças à falta de zelo do terreno aparecem por cá os tais "ratons" que nos dão cabo da mioleira. Ando farta de dizer aqui à vizinhança que qualquer dia me "apodero" do dito cujo e faço lá uma hortinha, um jardinzinho e até ponho lá uns animaizinhos de capoeira... mas todos gozam comigo, ou melhor, gozavam, pois já começaram a achar a ideia interessante e até me vão incentivando a "tratar do assunto".
Vou marcar uma conversinha com a Presidente, a Damasceno, pode ser que resulte a ideia :)


De maria mendonça a 16 de Outubro de 2008 às 00:07
Cenourita desculpa o atraso nesta resposta, mas o trabalho está difícil ...
Eu sou totalmente a favor das chamadas hortas urbanas. Não será muito mais agradável ter os espaços arrumados com hortinhas do que terrenos cheios de silvas, ratos e sei lá mais o quê? Além do mais são só benefícios , é uma óptima terapia, apanhamos os legumes que caso contrário teríamos que comprar, visualmente é muito mais bonito, .... Só tem um senão dá algum trabalho mas nada exagerado e falando por mim enquanto jardino não penso em mais nada, fico logo mais bem disposta....
Força amiga, espero que dê frutos a conversa o Presidente..


Comentar post

posts recentes

O Regresso....

8 anos de Blog...

Hoje, Eclipse Lunar

Chegou o Verão...

Associação Casa da Crianç...

Crumble com Pêra...

Simplesmente, rosas....

Por que hoje é Domingo...

Ilha flutuante em chocola...

Tempura de Bacalhau com P...

pesquisar
 
subscrever feeds
tags

todas as tags

arquivos
links
mais sobre mim