Segue o teu destino. Rega as tuas plantas. Ama as tuas rosas. O resto é a sombra de árvores alheias.
Sexta-feira, 14 de Novembro de 2008
Falou o Presidente...

Presidente da República, Cavaco Silva finalmente pronunciou-se sobre o estado caótico da educação. Mas não disse muito.

Fez hoje um apelo "à serenidade" na educação e pediu que todos os intervenientes façam "um esforço de desanuviamento" para "ultrapassar os problemas".  Perante estas declarações acho que o Presidente não tem consciência da verdadeira situação que se vive dentro das escolas. Parece um barril de pólvora prestes a explodir, só falta acender-lhe o rastilho.  Por muita boa vontade que algumas pessoas ainda tenham em avançar com o processo da avaliação, ninguém sabe como.  A situação já não se ultrapassa com um simples esforço, esse esforço já foi feito. A nosso grito já é de desespero, Sr. Presidente ouça-nos, reúna uma equipa de trabalho para ter mais informação sobre o que se passa no interior.  A conversa da MLR de que o processo está a avançar serenamente nas escolas e que as escolas é que complicam, é mentira.

 

Condenou ainda "inequivocamente" os "desacatos e os insultos protagonizados por alguns alunos" nos últimos dias.

Concordo que os desacatos e a postura dos alunos não foi a melhor. Certamente não foi a escola que lhes ensinou a agir assim. Ensino os meus alunos que os conflitos devem ser ultrapassados com respeito pelos outros e com muito dialogo.

Ainda hoje de manhã alguns dos meus alunos faltaram para fazerem a famosa "greve", eu não sabia de nada. Questionei os presentes sobre a dita greve e entendi que não sabiam nada. Apesar de leccionar matemática parte da minha aula foi passada a explicar-lhes o que é uma greve, como se faz e que deve ser o último recurso. Que não se pode fazer greve só porque os outros fazem.  Mas depois disto, leio no Público declarações do Secretário de Estado, Valter Lemos, que alunos estão a ser “instrumentalizados”. Deixando no ar que são os professores que estão a servir-se dos alunos.  Mas alguma vez os professores desceriam tão baixo, ao ponto de  usar os alunos nas suas lutas? Abra os olhos, os alunos de hoje têm acesso a tanta informação como qualquer um de nós e têm cabeça para pensar.

 

Aliás, se alguém andou a instrumentalizar os alunos, foi o "Engenheiro" quando andou a oferecer os computadores aos alunos, no sentido de comprar votos futuros. Mas parece que se virou o feitiço contra o feiticeiro....

 



publicado por maria mendonça às 18:53
link do post | comentar | favorito

1 comentário:
De Pais a 15 de Novembro de 2008 às 17:49
Convido a subscrever o nosso ponto de vista em http://www.petitiononline.com/minedupt/petition.html

obrigado


Comentar post

posts recentes

O Regresso....

8 anos de Blog...

Hoje, Eclipse Lunar

Chegou o Verão...

Associação Casa da Crianç...

Crumble com Pêra...

Simplesmente, rosas....

Por que hoje é Domingo...

Ilha flutuante em chocola...

Tempura de Bacalhau com P...

pesquisar
 
subscrever feeds
tags

todas as tags

arquivos
links
mais sobre mim