Segue o teu destino. Rega as tuas plantas. Ama as tuas rosas. O resto é a sombra de árvores alheias.

Segunda-feira, 18 de Julho de 2011
Água e Tinta...

 

Uma campanha muito criativa de sensibilização sobre o flagelo da água contaminada.
Cerca de  3,6 milhões de pessoas morrem cada ano, de doenças associadas a água contaminada, incluindo 1,5 milhões de crianças menores de 5 anos, tornando-se a principal causa de morte em todo o mundo .
Para alertar sobre esta ameaça silenciosa e invisível de água contaminada, foi criado um filme minimalista mas incrivelmente lindo construido sobre água e tinta. O filme ilustra a capacidade da tinta para revelar o que é invisível.
Um filme foi dirigido por Clement Beauvais, o jovem diretor, músico, ilustrador e fotógrafo. Sua gama de talentos e domínio de diferentes técnicas permitiram desenhos tanto na concepção e execução do spot.

A criatividade e o talento não têm limites...



publicado por maria mendonça às 22:28
link do post | comentar | favorito

Sábado, 7 de Junho de 2008
Chuva a mais... rosas de menos

Finalmente a chuva parou e parece que o fim de semana vai ser de sol. Até que enfim...

É habitual colocar fotografias de bonitas rosas, mas hoje decidi mostrar que nem tudo é bonito, cá na Quinta. Estes são os meus botões de rosa depois de dias contínuos de chuva. Apodreceram, não abriram e até ganharam bolor...

São Pedro como permitiste que isto acontecesse com as minhas belas flores?

 

                  

 

E esta roseira que estava carregadinha com botões e alguns não passaram de promessas de flores!



publicado por maria mendonça às 14:37
link do post | comentar | favorito

Sábado, 22 de Março de 2008
Dia Mundial da Água

Hoje é  Dia Mundial da Água, neste ano dedicado às questões do saneamento.
As Nações Unidas declararam este ano de 2008, Ano Internacional para o Saneamento. Expressam assim, as preocupações com o progresso insuficiente realizado até agora para atingir a meta de saneamento global, reconhecendo ao mesmo tempo que existe a capacidade de melhorar as condições de saneamento existentes, sendo para isso necessário que todos assumam compromissos nesse sentido.


Factos:
    * A gestão da água é um dos maiores desafios da actualidade
    * 5 mil crianças morrem todos os dias por doenças relacionadas com a qualidade e a falta de água
    * Mais de 60% da água que consumimos provém dos rios, os quais são também receptores de águas residuais
    * Cada português gasta em média 120 litros de água por dia e cerca de 80% desta é utilizada no autoclismo, no banho e na lavagem da roupa
    * Cada português produz em média 117 litros de águas residuais por dia
    * 80% das águas residuais produzidas são águas cinzentas
    * Uma torneira aberta no lavatório pode gastar 9 litros de água por minuto.
    * Uma torneira a pingar pode gastar cerca de 25 litros de água por dia.
    * Um duche de 5 minutos gasta entre 25 e 100 litros de água, dependendo do modelo do chuveiro e da pressão da água

 

Tipos de poluição da água:
As “águas cinzentas” são águas residuais provenientes dos chuveiros, lavatórios e bidés, contêm menos agentes patogénicos e requerem menos tratamentos que as “águas negras”. Podem ser reutilizadas dentro de casa para descargas de autoclismos e lavagem de pavimentos, por exemplo, podendo ainda ser utilizadas para regar o jardim (dependendo da origem).

As “águas negras” são águas residuais que foram misturadas com desperdícios da sanita e do lava-louça. Requerem tratamento biológico ou químico e desinfecção antes de serem reutilizadas.


Conselhos para todos:
· As águas residuais podem ser reutilizadas para vários usos
· A reutilização de águas residuais reduz a captação de água para consumo e diminui a descarga de efluentes de ETAR.
· Ao reutilizar as águas residuais está a reduzir a sua conta de água e a poluição nos cursos de água
· As águas residuais tratadas, quando utilizadas nos jardins, transportam nutrientes benéficos para o desenvolvimento das plantas
· Lave os seus pavimentos exteriores com águas cinzentas
· Utilize água da banheira para a descarga do autoclismo
· A reutilização das águas residuais diminui o volume dos efluentes das ETAR e permite uma melhor gestão do sistema de esgotos
· As águas cinzentas podem ser utilizadas para as descargas de autoclismos, lavagem de pátios, lavagem de carros e rega de jardins. Experimente!
· Alimente o seu jardim com água residual tratada
· Se substituir um autoclismo clássico (10 l/descarga) por um autoclismo de baixo consumo (6 l/descarga) poupa 18 mil litros de água por ano
· Evite fazer descargas desnecessárias, o autoclismo não é um caixote do lixo. Cada descarga gasta entre 7 a 10 litros de água.

 

 

(retirado da Quercus)



publicado por maria mendonça às 11:12
link do post | comentar | favorito

Sábado, 16 de Fevereiro de 2008
O futuro é já hoje...

Isto do aquecimento global está mais próximo do que as pessoas alguma vez imaginaram. Ao ver o noticiário da Sic hoje, ouvi algo que me chamou a atenção. Por causa da falta de chuva, as bacias hidrográficas estão em baixo, isto é, não há água.  Barcelona prepara-se para ser abastecida por navios tanque. Desde os tempos de escola que sempre ouvi dizer que era preciso poupar água, que a água é um bem escasso e que na maioria das vezes é mal utilizada e desperdiçada. Sempre achei que isso não seria para a minha geração mas para as gerações futuras só que pelos visto isso já está acontecer. 

 

Por isso deixo aqui o alerta:

quando lavarem os dentes e lavarem a louça fechem a torneira, 

passem a tomar duche,

lavem o carro com um balde e não com a mangueira,

utilizem a máquina da louça e roupa sempre com carga máxima,

antes de plantarem relvado, pensem duas vezes.

 

Façam isso por mim...

Eu agradeço, já hoje! Obrigada.

 

 

(imagem retirada do blog: Change the World no Sapo)

 



publicado por maria mendonça às 20:37
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

posts recentes

Água e Tinta...

Chuva a mais... rosas de ...

Dia Mundial da Água

O futuro é já hoje...

pesquisar
 
subscrever feeds
tags

todas as tags

arquivos
links
mais sobre mim