Segue o teu destino. Rega as tuas plantas. Ama as tuas rosas. O resto é a sombra de árvores alheias.

Sexta-feira, 14 de Novembro de 2008
Falou o Presidente...

Presidente da República, Cavaco Silva finalmente pronunciou-se sobre o estado caótico da educação. Mas não disse muito.

Fez hoje um apelo "à serenidade" na educação e pediu que todos os intervenientes façam "um esforço de desanuviamento" para "ultrapassar os problemas".  Perante estas declarações acho que o Presidente não tem consciência da verdadeira situação que se vive dentro das escolas. Parece um barril de pólvora prestes a explodir, só falta acender-lhe o rastilho.  Por muita boa vontade que algumas pessoas ainda tenham em avançar com o processo da avaliação, ninguém sabe como.  A situação já não se ultrapassa com um simples esforço, esse esforço já foi feito. A nosso grito já é de desespero, Sr. Presidente ouça-nos, reúna uma equipa de trabalho para ter mais informação sobre o que se passa no interior.  A conversa da MLR de que o processo está a avançar serenamente nas escolas e que as escolas é que complicam, é mentira.

 

Condenou ainda "inequivocamente" os "desacatos e os insultos protagonizados por alguns alunos" nos últimos dias.

Concordo que os desacatos e a postura dos alunos não foi a melhor. Certamente não foi a escola que lhes ensinou a agir assim. Ensino os meus alunos que os conflitos devem ser ultrapassados com respeito pelos outros e com muito dialogo.

Ainda hoje de manhã alguns dos meus alunos faltaram para fazerem a famosa "greve", eu não sabia de nada. Questionei os presentes sobre a dita greve e entendi que não sabiam nada. Apesar de leccionar matemática parte da minha aula foi passada a explicar-lhes o que é uma greve, como se faz e que deve ser o último recurso. Que não se pode fazer greve só porque os outros fazem.  Mas depois disto, leio no Público declarações do Secretário de Estado, Valter Lemos, que alunos estão a ser “instrumentalizados”. Deixando no ar que são os professores que estão a servir-se dos alunos.  Mas alguma vez os professores desceriam tão baixo, ao ponto de  usar os alunos nas suas lutas? Abra os olhos, os alunos de hoje têm acesso a tanta informação como qualquer um de nós e têm cabeça para pensar.

 

Aliás, se alguém andou a instrumentalizar os alunos, foi o "Engenheiro" quando andou a oferecer os computadores aos alunos, no sentido de comprar votos futuros. Mas parece que se virou o feitiço contra o feiticeiro....

 



publicado por maria mendonça às 18:53
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

Quinta-feira, 13 de Novembro de 2008
Só isto?

Depois da nacionalizaçção do BPN,

do Alberto João Jardim ter avaliado todos os professores colocados na Madeira com bom por portaria,

da Sr.ª Ministra ter sido recebida em Fafe pelos alunos com ovos,

do Manuel Alegre ter declarado estar farto do "quero, posso e mando" da Ministra da Educação,

da Sr.ª Ministra ter ido à Assembleia pedir desculpa aos professores,

e da mega manifestação dos professores no sábado, reunindo 120mil docentes,

Cavaco Silva apenas vem lembrar que a manisfestação é um  direito constitucional.

 

 

Isso já nós sabiamos, pois ainda vivemos num país democrático.

Sr. Presidente, como professor,  é apenas isto que tem para nos dizer?  Já reparou na confusão que está o nosso ensino e as nossas escolas? Não terá também uma palavra a dizer sobre o assunto?

Acho que está na hora de falar aos portugueses.

 

 



publicado por maria mendonça às 10:05
link do post | comentar | ver comentários (7) | favorito

posts recentes

Falou o Presidente...

Só isto?

pesquisar
 
subscrever feeds
tags

todas as tags

arquivos
links
All recipes are on Petitchef Top blogs de receitas


mais sobre mim