Segue o teu destino. Rega as tuas plantas. Ama as tuas rosas. O resto é a sombra de árvores alheias.

Segunda-feira, 22 de Agosto de 2011
Futuro das Hortas em Lisboa
Sempre defendi o aproveitamento dos terrenos baldios para a realização de hortas, basta consultar o meu post. Divulguei projectos como a  Horta à porta e  o projecto HiperNatura do Continente.
 
Acreditei, que com a passagem por esta crise que os nossos autarcas tinham percebido a vantagem da ocupação dos terrenos baldios, principalmente nos meios urbanos. Além, de ajudar a ocupar o dia dos reformados e desempregados, o  cultivo dessas  hortas  ajuda as famílias a fazer face à crise e ao aumento continuado do preço dos legumes. A nível autárquico, reduz as despesas com esses espaços, uma vez que não necessitam de jardinagem, ficando agradável à vista. Por isso, foi com muito espanto, que ontem ao assistir ao telejornal da SIC me deparei com esta noticia. O Município de Lisboa, vai aumentar os preços dos terrenos arrendados, podendo em alguns casos vir a cobrar três mil euros de renda.
 
Com este aumento, é normal que esses terrenos fiquem completamente ao abandono, à merece das silvas, roedores, lixo e muito mais. Às vezes sinto que andamos para trás no tempo... Eis a questão, será melhor ter terrenos completamente ao abandono ou cultivados com belos tomates e alfaces?
 
 


publicado por maria mendonça às 14:32
link do post | comentar | ver comentários (7) | favorito

Sexta-feira, 29 de Janeiro de 2010
Edifício Ecológicos

 

Museu do Quai Branly,  Paris

Muito perto da famosa  Torre Eiffel, situa-se o Museu do Quai (cais) Branly, projectado pelo arquitecto Jean Nouvel, tem a particularidade de ter as paredes cobertas com vegetação. Uma tentativa de tornar a cidade mais verde e mais a agradável. Adorei!
 

 

 



publicado por maria mendonça às 00:15
link do post | comentar | favorito

Terça-feira, 29 de Julho de 2008
Cidades do Futuro

Atendendo ao crescimento da população residente neste "pequeno ponto azul", um dia não haverá mais espaço para ninguém habitar. Vários arquitectos pensararam já em diferentes soluções, hoje apresento a ideia do arquictecto belga Vincent Callebout, um projecto que dá pelo nome de Lillypad, e não é mais que uma cidade numa  ilha. Uma cidade flutuante capaz de acolher dezenas de milhares de pessoas e ser totalmente autónoma. Sem estradas e dotada de jardins e lagos, capaz de produzir a sua própria energia e reciclar o seu lixo sem poluição, totalmente ecológica. Uma forma de  a humanidade prosperar após o aquecimento global, navegando ao largo da costa das grande cidades.

 

O video está em italiano, mas fica a ideia de como poderão ser estas cidades do futuro. 

 

 

 

 

Mais fotografias de cidades flutuantes.



publicado por maria mendonça às 10:06
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito

Quarta-feira, 26 de Março de 2008
Horta na Cidade

Há muito tempo que queria escrever sobre o tema, mas nesta última semana descobri que está na moda, visto que a televisão já fala do tema.

Em França, 35% dos produtos frescos consumidos em Paris são produzidos dentro ou na periferia da cidade. Em Portugal não existem dados registados.

Atentendo ao crescimento desmesurado das cidades e a previsão de que 50% da população viverá nas cidades, pode futuramente levantar-se um problema no abastecimento de produtos hortícolas. Por isso, a importância crescente da agricultura desenvolvida em meios urbanos. Incentivar a produção de alimentos em quintais, varandas e terraços, pode trazer inúmeras vantagens, uma delas pode ser poder fazer face a eventuais falhas de abastecimento de produtos frescos.

No entanto pelos programas que vi, esta agricultura desenvolvida em Lisboa tem carácter de subsistência enquanto que a existente no estrangeiro tem carácter de hobby ", mas com a importância cada vez maior na sociedade.

Para terminar tenho de mencionar o Projecto - Horta à PortaÉ um projecto na região do Porto, que visa promover a qualidade de vida da população, através de boas práticas agrícolas, passando por compostagem caseira, hortas pedagógicas e agricultura biológica.

 

Deixo aqui alguns links sobre o tema:

Artigo no Portal do Jardim

Horta á porta na www.hortadaformiga.com

Portugueses vencem 1º prémio num concurso internacional de ideias Europan 9, com a proposta  intitulada "Cultivos Urbanos". Em A barriga de um arquitecto
Noticia do Sol sobre "Hortas urbanas de Lisboa crescem em tempo de crise"

Na Quercus TV " A vantagem das hortas urbanas"

Ideias para hortas de Martin Price

 



publicado por maria mendonça às 19:22
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito

Quinta-feira, 28 de Fevereiro de 2008
Edifício como organismo vivo

 

 

 

Já alguém pensou em ver um edificio como sendo um organismo vivo e não apenas cimento?

Pelos visto sim, num  bairro  Seoul, encontra-se uma loja onde o próprio edifício é um orgnismo vivo. Neste caso uma planta chamada Pachysandra terminalis, que é um herbáceo perene que literalmente cresce nas paredes.

Fantástico, assim as nossas cidades seriam bem mais bonitas... 

 

(a saber mais no Portal do Jardim)

 

 

 



publicado por maria mendonça às 11:20
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

posts recentes

Futuro das Hortas em Lisb...

Edifício Ecológicos

Cidades do Futuro

Horta na Cidade

Edifício como organismo v...

pesquisar
 
subscrever feeds
tags

todas as tags

arquivos
links
mais sobre mim