Segue o teu destino. Rega as tuas plantas. Ama as tuas rosas. O resto é a sombra de árvores alheias.

Sexta-feira, 8 de Julho de 2011
Os primeiros jarros...

 

 



publicado por maria mendonça às 22:25
link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito

Quarta-feira, 10 de Setembro de 2008
Jarros Rehmannii

 

 

 

Inicio de aulas significa normalmente muito trabalho, por isso hoje presentei-o-vos com mais uma variedade de jarros, cá da Quinta.

 

 

 

 

 



publicado por maria mendonça às 10:31
link do post | comentar | favorito

Sexta-feira, 22 de Agosto de 2008
Mango

Mais um jarro colorido.

  



publicado por maria mendonça às 10:22
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito

Segunda-feira, 21 de Julho de 2008
Ainda jarros...

       

 



publicado por maria mendonça às 10:08
link do post | comentar | favorito

Sábado, 21 de Junho de 2008
Floriram.... os jarros!

Finalmente começam a florir os meus jarros. Pensei que tinham apodrecido muitos, mas pelo que vejo só três é que parece que nem vão nascer. Como comprei de várias cores e não anotei no plano onde os plantei, está a ser uma surpresa vê-los nascer. Neste momento tenho já um branco e um cor de rosa claro.

Saber mais sobre jarros.

 

                       

 

                



publicado por maria mendonça às 10:11
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito

Segunda-feira, 9 de Junho de 2008
Jarros, Zantedeschia ou Copo de Leite

Os jarros (Zantedeschia) pertencem à família das Araceae, e são originários da África do Sul. Gostam de solo bastante húmido, por isso, é comum vê-los nas margens de rios ou de lagos. Têm folhas verdes brilhantes e as flores são grandes e normalmente brancas. Tanto as folhas como as flores são bastantes ornamentais, para utilização em arranjos e duram bastante.   São uma planta muito  fácil de cultivar, no entanto à que ter em atenção a sua toxidade.  Tanto podem ser plantados em canteiros como em vasos. Em climas quentes plantar à semi-sombra, em climas temperados dão-se bem em pleno sol.

Após selecção e cruzamento com outras espécies foram conseguidos jarros de outras cores (amarelos, vermelhos, roxos, laranjas e pretos)  até de formas diferentes, chamados mutantes.  Para ver  algumas espécies siga o link  http://www.lakesidecallas.com/

Apesar da plantação ser algo simples a colocação do rizoma pode levantar alguma dúvida.

A parte que tem de ficar virada para cima tem uns picos, neste exemplo até já estão a nascer os rebentos e a parte lisa fica para baixo.

 

 

                   parte virada para  cima                                      parte virada para baixo

 

Os que plantei já começaram a rebentar, a chuva atrasou-os um pouco mas com este sol têm-se desenvolvido bastante. Aqui ficam as folhinhas.

 

                     

 

 

 

Actualização:

 

22/07/2008- Os jarros já nasceram, podem encontrá-los aqui, aqui, aqui, mais aqui e aqui.

 



publicado por maria mendonça às 10:00
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito

posts recentes

Os primeiros jarros...

Jarros Rehmannii

Mango

Ainda jarros...

Floriram.... os jarros!

Jarros, Zantedeschia ou C...

pesquisar
 
subscrever feeds
tags

todas as tags

arquivos
links
mais sobre mim