Segue o teu destino. Rega as tuas plantas. Ama as tuas rosas. O resto é a sombra de árvores alheias.

Sexta-feira, 8 de Julho de 2011
Os primeiros jarros...

 

 



publicado por maria mendonça às 22:25
link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito

Quarta-feira, 10 de Setembro de 2008
Jarros Rehmannii

 

 

 

Inicio de aulas significa normalmente muito trabalho, por isso hoje presentei-o-vos com mais uma variedade de jarros, cá da Quinta.

 

 

 

 

 



publicado por maria mendonça às 10:31
link do post | comentar | favorito

Sexta-feira, 22 de Agosto de 2008
Mango

Mais um jarro colorido.

  



publicado por maria mendonça às 10:22
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito

Segunda-feira, 21 de Julho de 2008
Ainda jarros...

       

 



publicado por maria mendonça às 10:08
link do post | comentar | favorito

Sábado, 21 de Junho de 2008
Floriram.... os jarros!

Finalmente começam a florir os meus jarros. Pensei que tinham apodrecido muitos, mas pelo que vejo só três é que parece que nem vão nascer. Como comprei de várias cores e não anotei no plano onde os plantei, está a ser uma surpresa vê-los nascer. Neste momento tenho já um branco e um cor de rosa claro.

Saber mais sobre jarros.

 

                       

 

                



publicado por maria mendonça às 10:11
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito

Segunda-feira, 9 de Junho de 2008
Jarros, Zantedeschia ou Copo de Leite

Os jarros (Zantedeschia) pertencem à família das Araceae, e são originários da África do Sul. Gostam de solo bastante húmido, por isso, é comum vê-los nas margens de rios ou de lagos. Têm folhas verdes brilhantes e as flores são grandes e normalmente brancas. Tanto as folhas como as flores são bastantes ornamentais, para utilização em arranjos e duram bastante.   São uma planta muito  fácil de cultivar, no entanto à que ter em atenção a sua toxidade.  Tanto podem ser plantados em canteiros como em vasos. Em climas quentes plantar à semi-sombra, em climas temperados dão-se bem em pleno sol.

Após selecção e cruzamento com outras espécies foram conseguidos jarros de outras cores (amarelos, vermelhos, roxos, laranjas e pretos)  até de formas diferentes, chamados mutantes.  Para ver  algumas espécies siga o link  http://www.lakesidecallas.com/

Apesar da plantação ser algo simples a colocação do rizoma pode levantar alguma dúvida.

A parte que tem de ficar virada para cima tem uns picos, neste exemplo até já estão a nascer os rebentos e a parte lisa fica para baixo.

 

 

                   parte virada para  cima                                      parte virada para baixo

 

Os que plantei já começaram a rebentar, a chuva atrasou-os um pouco mas com este sol têm-se desenvolvido bastante. Aqui ficam as folhinhas.

 

                     

 

 

 

Actualização:

 

22/07/2008- Os jarros já nasceram, podem encontrá-los aqui, aqui, aqui, mais aqui e aqui.

 



publicado por maria mendonça às 10:00
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito

posts recentes

Os primeiros jarros...

Jarros Rehmannii

Mango

Ainda jarros...

Floriram.... os jarros!

Jarros, Zantedeschia ou C...

pesquisar
 
subscrever feeds
tags

todas as tags

arquivos
links
All recipes are on Petitchef Top blogs de receitas


mais sobre mim