Segue o teu destino. Rega as tuas plantas. Ama as tuas rosas. O resto é a sombra de árvores alheias.

Segunda-feira, 22 de Agosto de 2011
Futuro das Hortas em Lisboa
Sempre defendi o aproveitamento dos terrenos baldios para a realização de hortas, basta consultar o meu post. Divulguei projectos como a  Horta à porta e  o projecto HiperNatura do Continente.
 
Acreditei, que com a passagem por esta crise que os nossos autarcas tinham percebido a vantagem da ocupação dos terrenos baldios, principalmente nos meios urbanos. Além, de ajudar a ocupar o dia dos reformados e desempregados, o  cultivo dessas  hortas  ajuda as famílias a fazer face à crise e ao aumento continuado do preço dos legumes. A nível autárquico, reduz as despesas com esses espaços, uma vez que não necessitam de jardinagem, ficando agradável à vista. Por isso, foi com muito espanto, que ontem ao assistir ao telejornal da SIC me deparei com esta noticia. O Município de Lisboa, vai aumentar os preços dos terrenos arrendados, podendo em alguns casos vir a cobrar três mil euros de renda.
 
Com este aumento, é normal que esses terrenos fiquem completamente ao abandono, à merece das silvas, roedores, lixo e muito mais. Às vezes sinto que andamos para trás no tempo... Eis a questão, será melhor ter terrenos completamente ao abandono ou cultivados com belos tomates e alfaces?
 
 


publicado por maria mendonça às 14:32
link do post | comentar | ver comentários (7) | favorito

Quinta-feira, 9 de Outubro de 2008
Hortas em Guimarães

Continuando a defender a ideia da construção de hortas perto dos grandes centros populacionais, divulgo hoje a iniciativa  da Câmara de Guimarães em  oferecer hortas para que os habitantes cultivem alimentos biológicos. 

 “A câmara decidiu fazer uma horta pedagógica e biológica nos terrenos não cultivados para permitir uma maior educação ambiental mas também para que os habitantes da cidade possam cultivar produtos para depois consumir”, referiu o vereador da autarquia.

Esta iniciativa está integrada no projecto HiperNatura  do Continente, e tem como objectivo  recuperar, edificar e modernizar espaços verdes de várias cidades de Portugal onde existam hipermercados da marca. Além de Guimarães estão associadas a este projecto as seguintes autarquias: Albufeira, Amadora, Cascais, Covilhã, Coimbra, Leiria, Lisboa, Loures, Maia, Matosinhos, Ovar, Porto, Portimão, S. João da Madeira, Seixal, Viana do Castelo, Vila Nova de Gaia, Vila Real e Viseu.

Realmente, é verdade as pessoas não imaginam o bem que faz cultivar um canteiro ou simplesmente umas plantinhas em vasos, é uma verdadeira terapia. Em vez de passarem horas no divã do psiquiatra, enterrados em depressões e comprimidos, o melhor é comprar uns vasinhos, uns bolbos (começa a ser a época), plantá-los, regá-los e cuidar deles. 
 

Um facto curioso é que os 25 candidatos a estas parcelas de terreno maioritariamente  são contabilistas. Será esta profissão assim tão stressante?

 

Ver notícia do Público


 

 



publicado por maria mendonça às 18:30
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito

Quarta-feira, 26 de Março de 2008
Horta na Cidade

Há muito tempo que queria escrever sobre o tema, mas nesta última semana descobri que está na moda, visto que a televisão já fala do tema.

Em França, 35% dos produtos frescos consumidos em Paris são produzidos dentro ou na periferia da cidade. Em Portugal não existem dados registados.

Atentendo ao crescimento desmesurado das cidades e a previsão de que 50% da população viverá nas cidades, pode futuramente levantar-se um problema no abastecimento de produtos hortícolas. Por isso, a importância crescente da agricultura desenvolvida em meios urbanos. Incentivar a produção de alimentos em quintais, varandas e terraços, pode trazer inúmeras vantagens, uma delas pode ser poder fazer face a eventuais falhas de abastecimento de produtos frescos.

No entanto pelos programas que vi, esta agricultura desenvolvida em Lisboa tem carácter de subsistência enquanto que a existente no estrangeiro tem carácter de hobby ", mas com a importância cada vez maior na sociedade.

Para terminar tenho de mencionar o Projecto - Horta à PortaÉ um projecto na região do Porto, que visa promover a qualidade de vida da população, através de boas práticas agrícolas, passando por compostagem caseira, hortas pedagógicas e agricultura biológica.

 

Deixo aqui alguns links sobre o tema:

Artigo no Portal do Jardim

Horta á porta na www.hortadaformiga.com

Portugueses vencem 1º prémio num concurso internacional de ideias Europan 9, com a proposta  intitulada "Cultivos Urbanos". Em A barriga de um arquitecto
Noticia do Sol sobre "Hortas urbanas de Lisboa crescem em tempo de crise"

Na Quercus TV " A vantagem das hortas urbanas"

Ideias para hortas de Martin Price

 



publicado por maria mendonça às 19:22
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito

posts recentes

Futuro das Hortas em Lisb...

Hortas em Guimarães

Horta na Cidade

pesquisar
 
subscrever feeds
tags

todas as tags

arquivos
links
mais sobre mim