Segue o teu destino. Rega as tuas plantas. Ama as tuas rosas. O resto é a sombra de árvores alheias.

Terça-feira, 16 de Agosto de 2011
Jardins verticais e coberturas

Sempre defendi que as nossas cidades devem ser mais verdes. Estas devem ser dotadas de mais espaços verdes, sejam eles, jardins e parques, jardins exteriores, interiores, paredes verdes, coberturas verdes etc. Além de diminuir o impacto visual das estruturas de cimento, benificiam o nosso ambiente, o nosso bem estar e acredito que aumenta a nossa felicidade. Infelizmente, durante décadas os arranjos urbanísticos foram completamente descurados e existiam inúmeros concelhos sem PDM, ou com PDM completamente desadequados com o crescimento demográfico. Acredito que estamos a entrar numa era de mudança, fruto de uma geração mais atenta ao meio ambiente e ao bem estar do ser humano. A realização de um jardim vertical,  uma cobertura verde, ou mesmo um jardim interior não é tão fácil quanto parece à primeira vista. Para a execução de qualquer um destes jardins há necessidade de conhecer as espécies de plantas, as estruturas, a impermeabilização necessária, a irrigação... etc.

 

Neste sentido, divulgo um curso dirigido a arquitectos/arquitectos paisagistas, urbanistas, técnicos da área do projecto de jardins, empresas de construção de jardins, estudantes de arquitectura/arquitectura paisagista, projectistas, designers e decoradores.

Estes cursos são organizados pelo Jornal Arquitecturas , a realizar em Lisboa e Porto, no mês de Outubro, com o apoio da Monteiro e Ricou, empresa de horticultura e jardinagem  e com os arquitectos Luís Paulo Ribeiro e Catarina Viana, da Topiaris e o engenheiro Diogo Ricou, da Monteiro e Ricou, serão os formadores em novas técnicas, métodos de projectar e instalação de jardins.

 

 



publicado por maria mendonça às 09:00
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito

posts recentes

Jardins verticais e cober...

pesquisar
 
subscrever feeds
tags

todas as tags

arquivos
links
mais sobre mim