Segue o teu destino. Rega as tuas plantas. Ama as tuas rosas. O resto é a sombra de árvores alheias.

Segunda-feira, 3 de Fevereiro de 2014
Brunch... bruschetta de ovos mexidos

Afinal, o que é um brunch?

Um pequeno almoço tardio ou um almoço mais leve, ideal para os fins de semana quando se acorda mais tarde. Uns ovos mexidos, cereais, compotas doces, tartes doces e salgadas, fruta, sumos naturais, café, chá podem compor a mesa para um brunch.

Sugestão de hoje, bruschetta de ovos mexidos com cogumelos.

 

3 ovos
6 cogumelos pleurotus
pão de batata doce
sal e pimenta q.b.
Utilizei cogumelos plerotus porque era os que tinha em casa, mas podem ser brancos laminados. Quando ao pão de batata doce é um delícia, mas pode ser substituido por qualquer outro de boa qualidade.
Comece por saltear os cogumelo laminados e tempere de sal e pimenta a gosto. Bata os ovos numa tigela e junte aos cogumelos, baixando um lume, deixe cozinhar, só um pouco, para não ficarem secos. 
Sirva de imediato sobre uma fatia de pão torrado. 


publicado por maria mendonça às 10:46
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

Terça-feira, 5 de Novembro de 2013
Feijão verde com salsichas e ovos mexidos

Por vezes, deixo de lado as receitas mais elaboradas e apetecem-me refeições mais leves e simples, como é o caso desta receita.

Faço-a muitas vezes, principalmente quando tenho feijão verde da horta fresquinho e totalmente biológico. 


1 cebola picada pequena

300g feijão verde cortado em juliana

1 lata de salsichas

2 ovos

2 colheres de sopa de vinagre

azeite q.b.

sal e pimenta q.b.

 

Faça um refogado com azeite e a cebola picada. Quando a cebola ficar transparente, adicione o feijão, os temperos e uma chávena de água, para não queimar. Tape e deixe cozinhar em lume brando. Quando o feijão estiver cozidos, adicione as salsichas cortadas às rodelas. Numa tigela, bata ligeiramente os dois ovos e adicione o vinagre. Para finalizar, adicione os ovos aos restantes ingredientes e mexa sempre. Desligue o lume, pois o calor continuará a cozer o ovos. Sirva de imediato, bem quente.

Habitualmente, não sirvo com nenhum acompanhamento, mas pode ser servido com uma arroz branco. 



publicado por maria mendonça às 11:12
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito

Terça-feira, 18 de Dezembro de 2012
Souflé de Atum e Espinafres

Nesta época natalícia, existem muitas receitas que só utilizam gemas de ovo, sobrando depois as claras... E o que fazer com elas?

Seguindo a mesmo principio de que tudo tem de ser aproveitado, surge esta receita uma reciclagem de claras, um Souflé de Atum com Espinafres. Simples e sensacional... foi um surpresa!  

duas latas de atum de conserva em óleo

200 g de espinafres cozidos 

1 dl de maionese

30 g de farinha

1dl de leite

3 claras

margarina, sal e pimenta q.b.

 

Retira-se o óleo ao atum e desmancha-se o atum com um garfo num prato. Coloca-se a maionese numa tigela grande e mistura-se bem com a farinha. Adiciona-se depois o leite, alternando com o atum e os espinafres. Mistura-se tudo muito bem e tempera-se a gosto com sal e pimenta.  Bate-se as claras em castelo bem firmes, envolvem-se no preparado anterior, apenas envolver e nunca bater, num movimento de baixo para cima. Deve ficar uma massa bastante fofa. Deita-se numa forma de pirex alta untada com margarina. Vai ao forno de calor moderado, logo que a a superfície fique corada, diminui-se um pouco o calor até completar a cozedura, no total cerca de 20 minutos.

Retira-se do forno e serve-se imediatamente, caso contrário, o soufflé afunda-se completamente e perde a sua beleza e o nome...   



publicado por maria mendonça às 11:00
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito

Domingo, 18 de Março de 2012
Alguém é servido?
 
Só para gulosos....
 


publicado por maria mendonça às 20:36
link do post | comentar | favorito

Terça-feira, 6 de Setembro de 2011
Ovo Escalfado

Hoje, uma dissertação sobre o ovo...

O ovo é, talvez, dos ingredientes culinários o mais extraordinário. Muito económico, de elevado valor nutricional, vitamina A, B1, B2, B12, B6, D3, E, minerais e proteínas, é  utilizado em todo o Mundo, pode ser servido doce ou salgado, em massas, em bolos, para pincelar, em molhos e na famosa maionese. O ovo pode ser de avestruz (enorme), pato, galinha ou codorniz (pequeno), ao gosto de cada um, importante é que seja fresco.

Como detectar a frescura dos ovos? Nada mais simples, normalmente pelo cheiro, o ovo fresco não possui qualquer odor. Já o estragado, quando aberto não deixa dúvidas. A clara deve ser translúcida, espessa e de forma firme; a gema saliente, lisa e redonda.

Para testar a frescura podemos fazer o seguinte, colocar o ovo numa tigela com água fria, se o ovo for ao fundo é fresco; se não for completamente ao fundo, serve para omeletas, fritos, mas não cozer e por último, se boiar deve estar estragado, abra para confirmar. 

Existem imensas maneiras de confeccionar ovos, começando no simples ovo cozido, quente, recheado, escalfado, coalhado, passando pelo forno, em cocote, gratinado, estrelado, mexido, em omeleta, terminando no famoso soufflé.  A nível internacional a frittata italiana, tortilha espanhola, ovo Benedict, crepes Suzetes e os nossos ovos moles são um pecado!

Existem tantas histórias sobre o ovo, o famoso ovo de Colombo, o ovo de Fabergé, ditados e adivinhas "branco é, galinha o põe?"

Depois dos ovos no forno, hoje, a minha proposta é o ovo escalfado...

 

 
Os ovos podem ser escalfados em vários líquidos, sopa, leite, molho de tomate ou molho de carne.
Este apresentado na fotografia, foi escalfado em molho de carne que tinha sobrado de um guisado. Basicamente, depois do líquido estar quente, deita-se cuidadosamente na panela, coze cerca de 3 a 4 minutos e retira-se, delicadamente, com uma escumadeira para não partir a gema.
Servi com pão de sementes torrado. 
 
O processo com água é semelhante, utilize bastante água com um pouco de vinagre mas sem sal. O vinagre serve para o ovo solidificar melhor. Não deixe água ferver e quando quente, deite delicadamente o ovo. Com ajuda de uma colher pode virar o ovo, de modo a que a gema fique no centro da clara. Retirar com uma escumadeira e servir quente companhado com uma salada, torradas, ou com manteiga e ervas aromáticas.
   


publicado por maria mendonça às 11:00
link do post | comentar | favorito

Terça-feira, 16 de Agosto de 2011
Creme de limão com iogurte grego e mel

 

Desde algum tempo que me tornei fã das receitas do Chef Henrique Sá Pessoa, não perco o seu programa, aos Domingos na RTP2.

Depois de ver esta receita, não resisti ao seu creme de limão, é divinal! E com iogurte grego, que eu adoro. Duas combinações perfeitas...

Esta receita e muitas mais, no site...  Ingrediente Secreto.

 

 

A receita explicada pelo próprio, Chef Henrique Sá Pessoa em vídeo.  



publicado por maria mendonça às 20:02
link do post | comentar | favorito

Terça-feira, 7 de Junho de 2011
Tigelinhas de ovos no forno

Uma receita simples mas com um certo requinte, de ovos no forno servidos com pão de sementes torrado.

 

 

Para cada tigelinha:

1 fatia de fiambre, ver nota

1 fatia de queijo, ver nota

1 ovo

duas colheres de chá de natas

1 colher de chá de ketchup

sal e pimenta q.b.

manteiga para untar

1 fatia de pão escuro com sementes torrado

 

Unte a forma individual com manteiga, cubra o fundo com  o fiambre picado, queijo e ketchup. Parta um ovo na tigela e acrescente as natas. Tempere de sal e pimenta.

Coloque a forma num tabuleiro e encha-o até metade da altura das tijelas com água. Leve ao forno, a 180ºC cerca de 15 minutos.

Sirva quente com pão torrado com manteiga.

 

NOTA: Eu fiz com fiambre e queijo, mas podem ser utilizadosingredientes variados... presunto, cogumelos, lascas de peixe fumado até legumes, espargos, espinafre cozidos ou tomate picado. Também pode ser colocado queijo Parmesão ou Gruyère ralado em cima.

 



publicado por maria mendonça às 08:00
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

Domingo, 3 de Outubro de 2010
Tarte de Queijo Suiça (tipo Quiche)
O que fazer com os restos do pão? É uma questão que me coloco muitas vezes. Dada a crise que o país atravessa e o apertar de cinto, nem pensar deitar no lixo.
Eu sou descendente um geração que apesar de não ter passado nunca  fome,  aprendi que nada se deita fora, tudo é reaproveitado. Para isso é necessário uma boa dose de criatividade na cozinha e resulta numa boa gestão doméstica.
Muitas vezes, não como o pão todo que o meu padeiro, gentilmente me coloca todos os dias em cima do muro. Isto resulta num acumular de pão e o que fazer com ele?
Aceito todas as sugestões que queiram depositar na caixa de comentários, pois acho que acontece na casa de todos.
Esta é a minha contribuição para o aproveitamento de pão velho... fiz uma quiche. A receita, situa-se mais no fundo do post.
 
restos de pão
1 tomate maduro
1 lata de cogumelos fatiados
100 g de fiambre
5 fatias de queijo
1 cebola pequena
3 ovos
200 ml de natas
sal e pimenta q.b.
Torrei várias fatias de pão, cortei o tomate bem maduro às fatias, piquei a cebola, cogumelos e o fiambre.
Forrei o fundo da tarteira com o pão, por cima coloquei as fatias de tomate, de seguida a cebola picada, os cogumelos e o fiambre, por fim fatias de queijo.
Bati os ovos com as natas, temperei a gosto, com sal e pimenta e deitei na tarteira. Para finalizar, espalhei algumas sementes de sésamo. Cozeu em forno a 180ºC, cerca de 30 minutos.   



publicado por maria mendonça às 18:39
link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito

Quarta-feira, 21 de Julho de 2010
Porco no Espeto

Hoje é mais um ano de trabalho que se encerra, por isso é dia de festa. Aliás, esta semana está cheia de dias importantes!!

Olhando para trás um ano passa tão depressa, é como um piscar de olhos. Ainda me lembro do ar desconfiado com que os novos colegas entraram na escola, tentando ler as expressões dos outros. A escola será boa? Existe bom ambiente entre colegas? E como serão os alunos? São tantas interrogações quando chegamos a uma nova escola. Os mais tímidos ficam no parque de estacionamento, à espera de alguém conhecido, para quebrar ar da entrada. Pois é, o primeiro dia não é só nos alunos que causa um friozinho na barriga, nos professores também!! 

 

No meu caso, este ano foi mais um reencontro de amigos antigos, um verdadeiro privilégio. Todos os anos as escolas renovam-se, conhecemos muitas pessoas com experiências de vida diferentes da nossa  e ao longo do ano vamos criando laços, muitos ficarão amigos para toda a vida.

 

Por isso, espero que dia de hoje  seja mais um "Boas férias e até Setembro..." e não uma despedida.

Mário, prepara o porco porque a sobremesa já está pronta-Pavé.

 



publicado por maria mendonça às 11:39
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

Terça-feira, 25 de Maio de 2010
Simplesmente...

Às vezes o sucesso das receitas reside na sua simplicidade e na nobreza dos ingredientes, como esta omeleta de espargos. Uma sugestão para estes dias abafados e quentes, que não apetece estar de voltas dos tachos e panelas. 

 



publicado por maria mendonça às 08:30
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito

posts recentes

Brunch... bruschetta de o...

Feijão verde com salsicha...

Souflé de Atum e Espinafr...

Alguém é servido?

Ovo Escalfado

Creme de limão com iogurt...

Tigelinhas de ovos no for...

Tarte de Queijo Suiça (ti...

Porco no Espeto

Simplesmente...

pesquisar
 
subscrever feeds
tags

todas as tags

arquivos
links
All recipes are on Petitchef Top blogs de receitas


mais sobre mim