Segue o teu destino. Rega as tuas plantas. Ama as tuas rosas. O resto é a sombra de árvores alheias.

Domingo, 28 de Fevereiro de 2010
Poda tardia

Este ano tudo está atrasado, com este tempo não estou com vontade para o jardim. São Pedro esqueceu-se de fechar a torneira e vamos necessitar da Arca de Noé para conseguir sobreviver.

A verdade é que com vontade ou sem ela, lá tive que podar as hidrângeas, já com rebentinhos o que é pena! Fiz ainda umas estacas para aproveitar alguns rebentos. Qualquer dia coloco as fotos.

 

 

Muito se fala da poda desta planta, os jardineiros efectuam-na logo em Novembro, Dezembro antes da queda da folha, para depois não terem tanto trabalho. Eu costumo deixar cair a folha e só depois das geadas mais fortes passarem é que as podo, normalmente  as folhas caídas protegem-na das geadas. 

Quanto à poda, também existe muita divergência, uns cortam tudo em baixo mas o que acontece é que a planta nasce com todas as hastes novas mas sem flor. Eu só corto por baixo as hastes que têm dois anos ou que atrapalhem o crescimento de novos, ficando cruzados, doentes, etc. Até agora tenho tido muitas flores.

Este método encontrei-o no Portal do Jardim depois de muito procurar, pois quando chegou a altura também não sabia como fazê-lo.

 

  

 



publicado por maria mendonça às 01:29
link do post | comentar | favorito

Terça-feira, 2 de Fevereiro de 2010
Poda das Roseiras

Uma poda feita um pouco tarde, mas este foi o fim de semana da poda das roseiras. Deveria ter sido antes, pois existem já rebentos novos que não vão ser aproveitados.

Não é necessário nenhum jardineiro mas é preciso ter alguns cuidados. Aqui, deixo um vídeo para quem necessitar de ajuda.

 

 

 



publicado por maria mendonça às 12:38
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito

Terça-feira, 13 de Maio de 2008
Árvores estranhas

Na minha última passagem pelo interior do país, deparei-me com estas estranhas formas. Estas árvores situam-se no jardim da  Vila de Mogadouro. Pelo que entendi a poda radical que sofreram, deve-se ao facto de quererem fazer uma ramada ligando-as umas às outras para criar sombra aos bancos colocados em baixo delas. Por mim, teria preferido a sombra de uma copa natural de uma árvore.

Arte ou atentado, deixo ao critério dos visitantes.

 

 


tags: ,

publicado por maria mendonça às 11:31
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito

posts recentes

Poda tardia

Poda das Roseiras

Árvores estranhas

pesquisar
 
subscrever feeds
tags

todas as tags

arquivos
links
mais sobre mim