Segue o teu destino. Rega as tuas plantas. Ama as tuas rosas. O resto é a sombra de árvores alheias.

Segunda-feira, 27 de Outubro de 2008
Retirar bolbos da terra

Esta é uma altura de muito trabalho no jardim, ao contrário do que a maioria das pessoas pensam. As ervas, depois de uma chuvinha crescem como se não houvesse amanhã e se não forem rapidamente arrancadas ou cortadas fica tudo uma selva.  Enquanto o maridão cortou a erva, eu dediquei-me aos bolbos. Está na altura!

Finalmente, arranquei os bolbos dos gladiolos da terra,  só agora tive tempo.  Com a chegada do Outono devem retirar-se da terra, mas reconheço que dá um trabalhão. Descobrir onde estão e cavar sem os estragar é uma tarefa complicada. Nos próximos tempos vão ficar na lavandaria, é quente,  seco e bem ventilado para retirar toda a humidade do bolbos.  Depois de bem secos, verificam-se se nenhum está doente e polvilham-se com um funguiciada. Não se deve deixar nenhum que tenha sintomas de doença, pois um sozinho estraga os outros todos. Guardam-se identificandos em bolsinhas de papel até à Primavera, altura em que se devem plantar novamente. Sinceramente as variadades já não consegui identificar, sei somente que são gladiolos.

 

 

 

À espera de plantação já estão  tulipas,  jacintos, crocus e frésias.  Este ano pela primeira vez talvez plante ranúnculos... 

 

 

 



publicado por maria mendonça às 10:31
link do post | comentar | favorito

posts recentes

Retirar bolbos da terra

pesquisar
 
subscrever feeds
tags

todas as tags

arquivos
links
All recipes are on Petitchef Top blogs de receitas


mais sobre mim