Segue o teu destino. Rega as tuas plantas. Ama as tuas rosas. O resto é a sombra de árvores alheias.

Terça-feira, 12 de Fevereiro de 2013
Bom Carnaval com as Casulas

Tradição transmontana, no dia de Carnaval preparam-se as Casulas com chouriças de ossos.

Afinal, o que são as casulas ou cascas? Não são mais do que vagens cortadas e secas ao sol, um bom método de conservação alimentar. Para saberem mais, visitem o blog Confraria gastronómica das casulas em Mogadouro. 

 

Para as cozinhar é necessário colocá-las em água fria para as hidratar na véspera, e no dia é só coze-las normalmente em água com sal. Eu habitualmente junto umas batatas partidas aos cubos e junto as chouriças de ossos na mesma panela.

Na hora de servir, polvilho com cebola picada e tudo muito bem regado com um fio de bom azeite.


Quanto às chouriças de ossos, são umas chouriças normais, só que para além da carne de porco, colocam-se uns ossos pequenos, cartilagens e vértebras do porco.

Bom apetite e um Bom Entrudo.

 



publicado por maria mendonça às 21:26
link do post | comentar | favorito

Terça-feira, 16 de Dezembro de 2008
O meu Presépio

Sendo eu natural de Trás-os-Montes, Natal é sinónimo de presépio. Ainda não há muito tempo, eu e os meus primos ansiavamos pelo Natal e chegados a casa dos meus avôs, deitavamos mãos à obra na sua construção. Corriamos pelos campos na busca do melhor e maior musgo. Ao adulto que nos acompanhava cabia-lhe a tarefa de nos arranjar o pinheiro. Eram dias frios, mas nem isso nos fazia desistir da importante tarefa. O local dele dentro da casa era estratégico, sempre na entrada e em cima de uma mala muito velhinha, começavamos sua elaboração. Desembrulhavamos as figuras com muito cuidado mas sendo nós crianças, às vezes aconteciam azares e nos últimos anos já havia algumas sem umas lascas. Em relação ao Menino Jesus, escondiamo-lo até à meia noite do dia 24 e só nessa altura um de nós o colocava na caminha de palhinhas. Para nós o Seu nascimento era um acontecimento importante. 

Apesar de agora nem sempre ir a Trás-os-Montes, não deixo de manter a mesma tradição. Em minha casa não pode haver Natal sem presépio. O presépio foi comprado já há uns anos e foi difícil de encontrar, mas tinha de procurar o mais parecido com a minha infância. Já pensei em aumentar as figuras mas não tenho encontrado mais. Para mim presépio é este, com os pastores, as ovelhas, os Reis Magos, a vaca, o burro, Nossa Senhora e São José e o Menino. Se ainda me lembro do da minha avó faltam-me duas figuras: o galo que colocavamos em cima da cabana e o anjo da guarda que penduravamos na árvore.

Até a cadela já se acostumou a ele. Nos primeiros dias andou de volta de uma ovelha. Ia sempre buscar a mesma mas depois lá deve ter entendido que não era para mexer e agora pode ficar sozinha na sala que não lhe toca.
 

 

  

 



publicado por maria mendonça às 12:09
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito

posts recentes

Bom Carnaval com as Casul...

O meu Presépio

pesquisar
 
subscrever feeds
tags

todas as tags

arquivos
links
All recipes are on Petitchef Top blogs de receitas


mais sobre mim